Em destaque

Apontamentos Desenhados do meu Perfil Profissional e não só…

Os Rabiscos de Ideias entraram na minha vida há quase dois anos. Um belo dia pûs-me a pesquisar informação sobre infografias. E de repente fui dar com o Doug Neill e o seu projecto “Verbal To Visual”, que é cada vez mais uma escola internacional de Rabiscos de Ideias. A minha história Verbal To Visual continua em baixo.

Depois desse tempo nas andanças dos rabiscos de ideias, apareceu a oportunidade de conhecer muitos dos sketchnoters que sigo na Internet. Onde? Em casa! Em Lisboa, durante o SketchNote Camp 2018! :D
Essa conferência pode ser seguida nas várias redes sociais através das hashtags: #isc18lx e/ou #ISC18LX

Tal como diz o Doug Neil, “Let’s give it a try to #SketchNotes“.

Os inscritos foram convidados a enviarem o seu perfil para o livro da conferência. E daí surgiu este Rabisco de Ideias da minha vida profissional e académica até Setembro de 2018.

I’m Rita Caré, my nickname  is @ritacarepapiro at Facebook, Twitter  & Instagram  and my favourite hashtag is #RabiscarIdeias

 

Rabiscos de Ideias - Perfil de Rita Care - Set 2018 - Comunicacao Ciencia - SciComm

Identifiquei-me imediatamente com o Doug Neill do Verbal To Visual, porque para além de explorar o desenho de uma forma totalmente diferente da minha, ele tem formação científica. Foi um professor frustrado com o sistema norte americano do ensino básico e secundário. Então, pôs as mãos na massa e ao longo dos últimos cinco anos montou uma escola deste tipo de desenho que explora os conceitos (conhecido por sketchnotes, visualnotes, rabiscos de ideias, apontamentos desenhados, pensamento visual ou reportagem gráfica, etc…).

O Doug produz os seus materiais para todos, mas tem uma tendência muito grande para ir de encontro às necessidades que os professores têm (embora a maioria nem sequer saiba disso) e para os incentivar a utilizar esta ferramenta com os seus alunos.

Imaginem isto no contexto mítico e terrível de que se estamos a desenhar é porque não estamos atentos e de que “eu não sei desenhar nem nunca saberei”.

Bom, perante isto decidi criar o blog Papiro Gráfico – que ando a ameaçar há meses passar totalmente para este, o blog Papiro papirus. Os meus rabiscos de ideias e os posts desse “outro” blog gráfico estão já por aqui meio desarrumados sob as categoria Papiro Gráfico e Reportagem Desenhada.

Se tem interesse em conhecer as minhas histórias de vida, pode ler o meu resumo e o meu perfil escrito por Carolina Lobão Figueira.

 

 

 

Anúncios

Rabiscos de Ciência no Instituto Gulbenkian de Ciência

No Dia Aberto 2018 do Instituto Gulbenkian de Ciência (IGC)  da Fundação Calouste Gulbenkian, o grupo FotoSketchers 2 Linhas tiveram visitas guiadas  com a investigadora Joana Carvalho a laboratórios que se dedicam à descoberta do desconhecido sobre desenvolvimento, evolução e biodiversidade. Observámos duas espécies “Top Model” do IGC, moscas do vinagre e borboletas. O grupo da tarde visitou o biotério das moscas.

Visitar um laboratório onde se trabalha todos os dias é uma uma experiência muito interessante.

Os investigadores são pessoas muito criativas. Olhem o que desenharam com o musgo. Reparem nestes detalhes no laboratório. O sentido de humor e o espirito critico sempre presentes!

 

Para Adopção Responsável | Rabiscos com cães no canil do Seixal

Caes-Croacs-Seixal-L1B_Out2018_Por Rita Care (1)

A L1B em parceria com o Pelouro da Segurança Alimentar e Bem-Estar Animal da Câmara Municipal do Seixal organizaram uma actividade de urban sketching no espaço do canil e gatil municipal e lá fomos rabiscar, em missão, para a promover a adopção responsável.

O Xico morreu com leucemia com menos de 5 anos. Isso aconteceu em 2011 ou 2012. O Xico foi um dos Amores da minha vida e tive um grande desgosto, porque a Vida o levou cedo demais. Estive cerca de 7 anos a viver sem a companhia canina. Essa ausência permitiu-me fazer outras coisas, muitas coisas, muitas… Tantas que não quis ouvir o meu coração a chamar por outro cão. Mas, finalmente na Páscoa de 2018, não pude mais deixar de ouvir. Então, uma semana depois chegou o Tomé. Depois do Tomé veio o Boris, apenas por umas horas, e depois veio o Pipo, que ficou apenas três dias. As histórias do Boris e do Pipo tiveram finais felizes comigo. Imagino que outros Boris, outros Pipos, outras Guidas venham por instantes e lhes dê um feliz destino… O meio coração não poderá mais conseguir não ir buscar uma trela a correr para não os deixar partir sem orientação na vida.

Aprendi as minhas lições… espero. Aprendi que não devo mais viver sem cão e que já não tenho capacidade física, mas sobretudo emocional para educar uma criança canina, como o Pipo. Prefiro adaptar-me as necessidades muito relevantes de um cão de meia idade, que pode trazer muitos problemas emocionais consigo (incluindo agressividade), do que andar a fazer 3 máquinas de roupa por dia, por causa de xixis e cocós pelos tapetes e assim.

Por favor adopte, mas apenas se tiver bem consciente que levará consigo um novo amigo com uma história de vida, que pode ter sido extremamente difícil. Tenha consciência de que custará muitos euros de diversas formas. Por favor, adopte com responsabilidade.  Trate de todas as formalidades legais relacionadas com a adoptação, cuide da alimentação, da saúde e nunca abandone a criatura. Não se esqueça de lhe pôr o chip e da plaquinha metálica na coleira com o nome dele(a) e um, ou mais do que um, nº telemóvel (a plaquinha é uma peça absolutamente fundamental). Não deixe os seus animais caminharem sozinhos na rua.

Apanhe sempre os dejectos pela saúde do seu animal, das crianças e da sua. E porque os passeios são um nojo em Portugal. Cada um tem o seu papel. Cumpra-o!

Tenha muita paciência com os cães seus vizinhos que ladram e uivam com saudades dos donos na sua ausência. Seja muito paciente. Os cães têm emoções, sentimentos e memórias. Cada um é diferente do outro. Todos têm a sua própria personalidade. Não existe um cão igual. Os cães foram criados pelo homem há milhares de anos. Eles foram criados à nossa imagem e semelhança. Olhe bem para a expressão do seu pequeno. É fácil perceber se está, ou não, feliz. Os olhos deles também sorriem :)

Estou perdida de amores pelo Tomé, mas o Xico está sempre comigo. Quase todos os dias me lembro dele. Também me lembro-me muitas vezes do Bartolomeu, do Xanax, do Skakeaspeare, da Guida, da maluca da Rusky (ela roía pedras e mamou no meu cabelo quando a salvei com apenas 20 dias…) e de tantos outros. Ao longo dos últimos 37 anos, partilhei a vida com mais de trinta cães e cadelas, em alguns momentos foram cinco em simultâneo, todos a vivermos no campo, onde cheira a verde e a fumo de lareira. Agora não tenho lareira, mas tenho o Tomé. Deixo o Tomé fazer o que nunca antes deixara, ele dorme comigo na manta dele, sob o meu edredon, e entra na cozinha. O Tomé é o único verdadeiro cão de guarda que tive. Precisa desesperadamente de me guardar quando estou em casa e então, depois de muitos meses de aprendizagem, eu aprendi que tinha que o deixar estar sempre comigo ao meu lado e a ver-me.

Na CROACS, no Seixal, existe um canil e gatil, no qual existem cães e gatos aguardando uma segunda oportunidade de Vida. Todos os meses existe uma acção de rua, na qual poderá visitar alguns desses animais e conversar com profissionais e voluntários que dão orientações sobre Adoptar de forma responsável.

 

 

 

 

 

 

 

 

“Neptuna” no Parque Bensaúde

Rita Caré, Parque BenSaude, Lisboa, Laranjeiras, Escultura, Urban Sketching, Carimbos, Stamps, Drawing, Sketching,

Penso que esta senhora da escultura de Laranjeira Santos, no Parque Bensaúde, nas Laranjeiras-Lisboa, não tem nome, porque “Cabeça de Mulher” não é nome que se dê a uma escultura… Não acham?!

Mas tratei disso já há algum tempo, porque ela é tão desenhável e graficogénica, desenhada por tanta gente, que tinhamos que lhe chamar mais… Podia ser um homem, não é…? Neptuna! Neptuna parece-me o nome adequado.

Sou muito fascinada por esta figura. Às vezes sento-me na esplanada do bar de costas para ela para não me desconcentrar.

Reparem no carimbo de mim produzido pela Marilisa Mesquita (também Aqui) a partir de um desenho da Mónia Abreu.

 

P.S. “Neptuna” é um nome maravilhoso para dar a uma gata… Mas eu não tenho gatas, só tenho cães :)

 

 

 

 

Exposição PlantLab Sketching na Esc. Sec. Luís Freitas Branco

A Exposição itinerante PlantLab Sketching  inaugurou na Escola Secundária Luís de Freitas Branco, em Paço de Arcos, Oeiras, no dia 26 de Setembro de 2018. Fica aqui a reportagem fotográfica do evento de inauguração da exposição, da visita dos alunos e da própria exposição neste escola.

Esta exposição, organizada pelo ITQB NOVA – Instituto de Tecnologia Química e Biológica, o CiB – Centro de Informação de Biotecnologia e o grupo FotoSketchers 2 Linhas, já passou pelo ITQB NOVA, em Oeiras, e pelo Bar Irreal, em Lisboa. Viajará durante 2018 e 2019 até escolas do ensino secundário. O objectivo é envolver alunos e professores em actividades de Arte & Ciência para os maravilharmos com questões científicas exploradas nos laboratórios que visitámos e nas actividades nas quais participámos do Dia Aberto do ITQB NOVA 2017.

Pedro Fevereiro, líder do Laboratório de Biotecnologia de Células Vegetais, e Carlota Vaz Patto, líder do Plant X Laboratory – The Genetics and Genomics of Plant Complex Traits, contaram alguma da investigação que fazem nos seus laboratórios do ITQB NOVA. Rita Caré, comunicadora de ciência no CiB, urban sketcher e autora deste blog Papiro papirus, contextualizou as visitadas desenhadas a estes dois laboratórios nas actividades realizadas no Dia Aberto do ITQB 2017.

Todos focaram alguns aspectos das suas escolhas académicas e profissionais ao longos dos anos, responderam a perguntas sobre a investigação, a biotecnologia no geral e em tópicos específicos e nas extensas possibilidades de uma vida académica e profissional nas áreas nas quais trabalham.

Mais uma vez agradecemos a todos os autores pela partilha destas imagens para esta exposição!

Estejam atentos à hashtag #RabiscosITQB nas vossas redes sociais

Reportagens Fotográficas

 

De seguida esperamos levar esta exposição a outras escolas de Oeiras e de outros concelhos de Portugal. Se é professor(a) e pretende que esta exposição visite a sua escola, contacte o ITQB NOVA (sci [@] itqb.unl.pt) e o CiB Portugal (geral [@] cibpt.pt).

 

Exposição PlantLab Sketching segue para Esc. Sec. Paço de Arcos

exposição, exposicao, expo, rabiscositqb, fotosketchers2linhas, urbansketchers, urbansketching, desenhos, biotecnologia, biotechweek, Rita Caré, ITQB NOVA, CiB Portugal, FotoSketchers 2 Linhas,

A Exposição PlantLab Sketching que esteve patente, em 2017, no espaço público do ITQB NOVA, em Oeiras, e no Bar Irreal, em Lisboa, segue em itinerância para escolas do ensino secundário, em Oeiras ou em outros locais a pedido de professores e alunos. A próxima paragem é a Escola Secundária Luís Freitas Branco, em Paço de Arcos, no Concelho de Oeiras. Esta paragem realiza-se também no contexto da Semana Europeia da Biotecnologia (Biotech Week 2018)

As imagens impressões de desenhos de urban sketchers (desenhadores de rua, em Português), produzidas no contexto de actividades realizadas no Dia Aberto 2017 do ITQB NOVA, em Oeiras. Os autores que participam nesta exposição desenharam ao vivo durante visitas guiadas a laboratórios de Biotecnologia de Plantas e noutras actividades do evento que celebrou, em 2017, a investigação que se faz no ITQB NOVA, o Dia Mundial da Metrologia e o Dia Internacional do Fascínio das Plantas.

A exposição nesta escola será inaugurada com evento-conversa com dois investigadores do ITQB NOVA, Pedro Fevereiro e Carlota Vaz Patto, e por Rita Caré, comunicadora de ciência, urban sketcher e autora deste blog Papiro papirus.

Projecto “Rabiscos no ITQB” é organizado, , desde 2015, pelo ITQB NOVA – Instituto de Tecnologia Química e Biológica, o CiB – Centro de Informação de Biotecnologia e o grupo FotoSketchers 2 Linhas.

Reportagens

Se é professor(a) e pretende que esta exposição visite a sua escola, contacte o ITQB NOVA (sci [@] itqb.unl.pt) e o CiB Portugal (geral [@] cibpt.pt).

SketchNotes | Seminário sobre a EU-Life

 

Rabiscos de Ideias (*)
EU-Life Initiatives on Research Organization and Science Policy”
por Marta Agostinho

Seminário no Instituto Gulbenkian de Ciência​

 

A Marta é coordenadora da EU-Life, uma aliança de 13 centros de investigação Europeus da área das ciências da vida. A EU-Life apoia e promove a investigação científica de excelência e a voz da investigação nas decisções políticas da União Europeia.
O seminário foi muito interessante nos vários tópicos abordados, nomeadamente nas chamadas áreas de gestão, comunicação e diplomacia em Ciência. Escrevi muitos (mesmo muitos) apontamentos e decidi dar destaque à informação aqui partilhada.

Clicar nas imagens

Gostei mesmo muito de trabalhar com caneta branca!

(*) Quaisquer erros ou confusão de interpretação das mensagens passadas nas minhas notas visuais são da minha exclusiva responsabilidade.

Desenhar Barro(s) na Quinta da Fidalga, Seixal

L1B, Manuela Rolão, Rita Caré, Quinta da Fidalga, Seixal, Urban Sketching, Desenho, Lápis-de-cor, Escultura, Árvores,
Capelinha da Quinta da Fidalga | Foto de Manuela Rolão

 

Há momentos de viragem na vida de uma pessoa… O dia 8 de Setembro de 2018 foi um deles. O calor levou as dores… quase. Foi um dos dias mais descontraídos que tive em mais de um ano.

Foi incrivelmente doce!

Não é só o Seixal, que adoro, nem só a bela Quinta da Fidalga. São as pessoas para as quais o desenho nos leva. As pessoas são o principal. Há-as muito especiais, como é o caso da Manuela Rolão.

O tema “Barro” não me interessava, o que me interessava era voltar a sentir-me Viva a desenhar.

L1B, Manuela Rolão, Rita Caré, Quinta da Fidalga, Seixal, Urban Sketching, Desenho, Lápis-de-cor, Escultura, Árvores,
Escultura de Bela Mestre | Foto de Manuela Rolão

Aquela manhã foi tão magnífica, tão leve, senti-me tão Viva que adormeci na minha cadeira de praia no final da sessão. Foi um adormecer embalado pelo sol e pelo calor humano. Um dia muito raro nos últimos 2 anos.

L1B, Manuela Rolão, Rita Caré, Quinta da Fidalga, Seixal, Urban Sketching, Desenho, Lápis-de-cor, Escultura, Árvores,
Painéis de Azulejos da Quinta da Fidalga | Foto de Manuela Rolão

 

 

Do Janeiro Abraçado e morno

Em Janeiro de 2018, alguns Amigos andaram comigo quase ao colo, dada a minha falta de condição física, num dos mais dificeis momentos da Vida. E levaram-me a passear e a sentir que coisas “minúsculas”, como fazer um rabisco minimalista, apanhar sol e olhar uma Árvore, pode ser do melhor que temos para nos agarrarmos a Viver, um momento,  uma linha e um raio de sol de cada vez.

bugio_tejo_oeiras_portugal_janeiro2018

 

roupa-estendal-laranjeiras-benfica-lisboa-por-Rita-Care

 

A ÁRVORE nas Laranjeiras, Benfica

 

 

Vamos desenhar 4L com os ÉSk, em Igrejinha

Évora Sketchers, ESk, Rita Caré, 4L, Igrejinha, Igreja, Urban Sketching, Évora, Desenho, Marcadores,

No início de Setembro estava um calor abrasador, mas mesmo assim enchi-me de coragem, meti-me no carro e lá fui eu para Igrejinha, acompanhada por amiga dos rabiscos.

Almoçámos pelo caminho e depois sentámo-nos em frente à porta da Igreja em Igrejinha, no Concelho de Évora. Logo de seguida foi uma aventura para desenhar Renaults 4L num encontro dos Évora Sketchers.