“Meu querido Barreiro” com vista do Seixal

Rita Care - Querido Barreiro - Seixal - M.Rolao - Abr2017 - 1024 (5)
Foi uma bela manhã de Primavera no Seixal com vista para o Barreiro com as histórias de urban sketching do Henrique Vogado, desta vez o convidado especial de mais um workshop da Manuela Rolão com a L1B.

Os desafios foram muito interessantes e os desenhos resultaram fantásticos em mais uma animada sessão à beira do Rio Tejo, brindados com a presença de uma elegante Garça-real e de um clima de boa disposição.

 

 

Aquário Vasco da Gama e a bicharada do Rei-Cientista-Pintor

 

Rita Care - AVGama - 5 Mar 2017 (8)
Aquário de Pimpins, Cartas e Peixes-aranha

 

Mais uma vez o Aquário Vasco da Gama neste blog… e o Rei-Cientista-Pintor D. Carlos I…
porque é uma mútua profunda Paixão pela ciência, pelo mar, pela sua divulgação, pelo desenho, pela pintura… Isto deve ser mais Amor, porque senão já tinha mandado tudo para outro lado…

Nas idas ao Aquário Vasco da Gama tenho ultrapassado as minhas próprias expectativas rabiscatórias, porque inspirada pois claro. Não me lembro se alguma vez preenchi cinco duplas páginas num encontro de 3 horas. Gosto muito dos desenhos a linha. Gosto mesmo muito. Os peixes cómicos já foram feitos em casa.

Estive tantos anos sem lá ir e em pouco mais de 13 meses foi a quarta visita. Nesta última vez a grande “desculpa” foi a prevista libertação para breve da “tartaruga das caretas” (ou tartaruga-bobo ou Caretta caretta) para uma vida oceânica. Foi uma celebração do grupo de fotografia e desenho urbano Foto&Sketchers 2 Linhas.

 

Tirei algumas fotografias que estão AQUI.

Os desenhos e fotografias publicados
na 1ª e 2ª visitas do grupo Foto&Sketchers 2 Linhas
ALI e ACOLÁ 

Uma chaminé aqui, outra ali, outra acolá…

rita-care-encontro-chamines-campo-ourique-25fev2017-3-red

Uma chaminé aqui, outra ali, outra acolá… A Rosário Félix convidou-nos para passarmos uma manhã a desenhar umas chaminés atrás das outras em Campo de Ourique. Estava um frio de rachar a cana do nariz, mas ainda bem que fui! 

Dissemos muitos disparates divertidos para aquecer a alma…

Cada vez me interesso menos pela qualidade dos trabalhos e muito mais pelos momentos bem passados e pelo processo de desenhar. Mudo objectos de sítio para bem da minha conveniência. Uma pessoa tem é que se divertir!

Gosto muito deste caderno para experiências, mas também para usar a aguarela do meu coração!

rita-care-encontro-chamines-campo-ourique-25fev2017-1-red

rita-care-encontro-chamines-campo-ourique-25fev2017-2-red

O mundo está ligado por cabos… submarinos

rita-care-fpc-mcomunicacoes-23fev2017-red

Os cabos submarinos existem mesmo e permitem a comunicação entre continentes. A Internet não existe apenas no Ar… também navega debaixo de água junto ao fundo abissal.

Esta interessante exposição está no FPC – Museu das Comunicações, em Lisboa.

Workshop Urban Sketching em Évora

ws-urbansketching-rita-care-papiro-papirus

WORKSHOP DE URBAN SKETCHING,
DESENHO E AGUARELA
14 Janeiro de 2017, Évora

RESULTADOS PUBLICADOS ALI!

OBJECTIVOS
– Fornecer ferramentas para que os participantes tenham bases para a prática de desenho urbano de observação à vista (Urban Sketching) em diários gráficos, através de técnicas de desenho com linha e de técnicas de aguarela com pincel de reservatório.
– Motivar os participantes para actividades de Urban Sketching em grupo ou individualmente.

PROGRAMA DA MANHÃ – 10-13h
– Introdução ao Urban Sketching e à sua importância para a vida do dia-a-dia dos Urban Sketchers (exemplos de trabalhos próprios e de outros autores).
– Breve introdução à teoria da cor e experiências com aguarela em folhas soltas (oferta as folhas)
– Introdução a técnicas de desenho de observação à vista com linha
– Introdução a técnicas de aguarela com pincel de reservatório
– Ao longo da sessão serão propostos vários desafios/exercícios a serem partilhados e debatidos entre a formadora e os participantes de forma construtiva.

ALMOÇO LIVRE

PROGRAMA DA TARDE – 14h30-18h30
– Exercícios de Urban Sketching propostos para explorar proporções, composição e mancha de aguarela de forma criativa.
– Os trabalhos serão partilhados e debatidos entre a formadora e os participantes de forma construtiva.

MATERIAIS OBRIGATÓRIOS
– Caderno A6 ou A5 com papel (pouco rugoso) de 160g/m2 ou mais
– Caneta preta impermeável à água. Por exemplo, canetas técnicas (0,3 ou 0,5) da Sakura, Uni Ball, Pentel ou outra marca, caneta (0,5) Roller Uni Ball Eye Micro (à venda nos grandes supermercados e papelarias) ou esferográfica BiC da gama Soft  (à venda nos supermercados e papelarias).
– Caixa portátil com pastilhas de aguarela (evitar aguarelas de gama infantil/escolar que têm pastilha redonda grande)
– Pincel de Reservatório de dimensão média

MATERIAIS RECOMENDADOS:
– Banco tripé / portátil
– Luvas “sem dedos” se estiver frio

VALOR
Sob consulta

FORMADORA
Rita Caré
Projecto Papiro papirus – Rabiscos e Aguarelas
https://papiropapirus.wordpress.com
+351 913 159 291 | rita.s.care@gmail.com

Bolo de chocolate natalício

Foi um rico dia de paródia foi…
mas por acaso não comi deste ;-)

rita-care-lanche-nicolau-17dez2016

depois de turistar no Cais das Colunas com os USkP

rita-care-uskp-cais-das-colunas-lx-17-dez-2016-3

Superar-nos no Museu da Marioneta

O Encontro dos Foto&Sketchers 2 Linhas no Museu da Marioneta, no início de Novembro foi um sucesso. Não tanto pelo número de participantes, que bateu o record de 24, mas pelo nosso entusiasmo e empenho, pela qualidade e grande número de desenhos por participante em apenas três horas. É mesmo impressionante. Acho que nos superámos, também inspirados pelos objectos expostos no Museu.

Só agora terminei de aguarelar os meus desenhos que já tinha publicado no blog do grupo apenas com linha AQUI.

Gosto muito deste primeiro, por causa das cores muito garridas do boneco do lado esquerdo e da perspectiva muito acentuada e divertida do conjunto do lado direito.

rita-care-fs-2-mmarioneta-nov-2016-3

Gosto de me tornar previsível ao escolher o boneco do meio vestido com o tecido das riscas – alguém me informou que pois claro que iria escolher aquele… Este azul é a minha cor e foi exactamente pela cor que o escolhi para o meu caderno.

rita-care-fs-2-mmarioneta-nov-2016-1

Gosto tanto da bonecada do filme Português de animação “A Suspeita”, que pode ser visto ACOLÁ.

rita-care-fs-2-mmarioneta-nov-2016-2

As fotos que escolhi estão ALI.

Não posso deixar de comentar sobre os textos deste museu, ou a sua ausência, ou a sua inacessibilidade física, num local que é um monumento à actividade de Contar Histórias, essa característica extraordinária dos Seres Humanos, que teve um contributo fundamental para sobrevivermos e evoluirmos até este ponto, devido à nossa capacidade única,  entre todos os seres vivos (até ver), de passar conhecimento sobre o passado aos descendentes.

Constou-me que o museu tem disponíveis áudio-guias “excelentes”. Mas, os audio-guias chegam quando são muito os visitantes no espaço? Os áudio-guias substituem informações básicas de contexto das peças expostas que não estão disponíveis por escrito? Não, do meu ponto de vista, se é contar histórias sobre os objectos que o museu deseja. Não é isso que todos os museus deveriam ambicionar?