1 Set | Encontro de Fotos e Rabiscos de barcos à vela, Cascais

Rei D. Carlos I, Cascais

O próximo encontro do grupo FotoSketchers 2 Linhas é na Marina de Cascais, com o ponto de encontro a começar no Museu do Automóvel – Motor Passion Museum, com paragem na estátua do Rei D. Carlos I e partilha à porta da Livraria Dejá Lu, dentro da Cidadela de Cascais.

Rei D. Pedro V, Cascais by Rita Caré 2019
Rei D. Pedro V, Cascais
Anúncios

Quando não se é bem-vindo fica-se muito bem na rua em Belém

Sonhei com desenhos das lâmpadas em exposição no antigo Museu da Electricidade durante três ou quatro semanas e em desenhar o primeiro carro eléctrico em Portugal.

Mas isso não aconteceu, porque quando uma pessoa não se sente bem-vinda não deve ter problemas em “dar de frosques”. Ai não me deixam entrar com o banquinho dos rabiscos? Então, adeus!

Sobraram os pensamentos positivos, os riscos sorridentes e tagarelas. Não digam a ninguém, mas a falta dos cabos na Ponte 25 de Abril não foi obviamente de propósito ;-)


A passagem sucessiva de barcos à vela mesmo à nossa frente foi mote para desenho cego e de linha contínua. Um exercício muito livre, sempre com resultados agradavelmente surpreendentes.

E assim foi no último encontro dos FotoSketchers 2 Linhas no agora MAAT, que já foi o antigo Museu da Electricidade. Tiram-lhe o nome, adicionaram 5 euros à antiga exposição permanente (antigamente gratuita), na qual já não podemos entrar com a nossa mochila, nem de banquinho de rabiscos. Com tanta “fofura”, fiquei cá fora e muito melhor, porque me constou que lá dentro estava abafado. A EDP deve ter dificuldades em pagar a conta da electricidade, por isso nada de colocar ar condicionado. Deve ser para que os visitantes não fiquem lá dentro muito tempo no Verão…

Só me apetece dizer cenas que podem mesmo ser disparates e má língua, mas não consigo esperar coisas muito boas de um museu que se fez inaugurar e reinaugurar várias vezes… Se fizesse com que os visitantes se sentissem abraçados e bem-vindos, não precisariam de reinaugurações.

Nem sequer nos levantámos para ir ver a cara do edifício novo que parece a boca de tubarão… Não nos fez falta nenhuma.

Pronto, pronto, já passou… Mas não me apanham por aquelas bandas enquanto me lembrar disto que aconteceu.

Rabisco do Piquenique no Campo Grande

Os FotoSketchers 2 Linhas organizaram um piquenique no Campo Grande, por entre duas das vias de trânsito mais ocupadas da cidade. Mesmo no fim-de-semana passam muitos carros, mas ouvem-se lá ao longe. Na última remodelação dos jardins foram criadas elevações nos relvados. Junto ao antigo edifício do Caleidoscópio e a cidade parece distante.

Conversou-se muito mais do que se rabiscou ou fotografou, mas esse é mesmo o espirito do grupo =)

Árvores no Jardim do Campo Grande, Lisboa - by Rita Caré 2019

Próximo encontro FS 2´´ no M.Electricidade e MAAT | 18 Ago | Lisboa

Rabisco de 2015 no Museu da Electricidade num dos meus workshops

Encontro dos FotoSketchers 2 Linhas 
no Museu da Electricidade e no exterior do MAAT

18 Agosto 2019 (Domingo), Lisboa

+ Informações


Esqueletos no armário do Museu da Farmácia

Rabiscos digitais de objectos do Museu da Farmácia para o cartaz do último encontro dos FotoSketchers 2 Linhas, a partir de fotografias da colecção exposta online.

Funcionário colonial, Mali – MNEtnologia

A Felicidade do difícil e o desapontamento por afinal não ser o D. Quixote… perdi o romantismo do desenho a meio…

A Felicidade e a Tristeza de usufruir da possibilidade de limpar o chão esticando-me por ali e de um museu às moscas…

Museu Nacional de Etnologia by Rita Caré 2019

Preferia não ter o Museu Nacional de Etnologia às moscas e ficar inibida com a curiosidade dos visitantes pelos rabiscos que fazemos… Este Museu é dos preferidos dos sketchers, porque os seus objectos parecem mágicos, saídos de contos de fadas em terras longínquas. É muito intimista e poético.

Tudo isto se passou num dos últimos encontros do FotoSketchers 2 Linhas no Museu Nacional de Etnologia, em Lisboa.

Cartaz digital para o Encontro FS 2´´ no Museu Geológico

Desde o principio do ano, tenho este projecto de criar imagens digitais. Os cartazes para os encontros do grupo FotoSketchers 2 Linhas são um excelente exercício. Para os criar inspiro-me em fotografias e em desenhos já criados, meus ou de outros membros do grupo ou de autoria dos museus ou outros espaços culturais a visitar.

Para o encontro no Museu Geológico, em Lisboa, inspirei-me em desenhos da Teresa Ogando e da Marilisa Mesquita.

Ando a tentar trabalhar com fundos negros, mas parece-me que vou seguir o conselho da Marilisa e passar a usar fundos brancos ou muito claros, porque resulta melhor para divulgar nas redes sociais. Um bom exemplo, parece-me ter sido um dos cartazes anteriores.

Rabiscos digitais para o Encontro FS 2´´ no Museu do Dinheiro

Amanhã, 2 de Fevereiro de 2019, há encontro no Museu do Dinheiro, em Lisboa, com os FotoSketchers 2 Linhas!

Vamos?

Para criar o cartaz do encontro rabisquei a barra de ouro do cofre do museu e a porta da entrada do edificio, que foi uma igreja, agora transformada, através de uma incrível obra arquitectónica.

P.S. Não encontrei uma única foto da porta do museu…. tive que me adaptar com as perspectivas do edificio disponíveis por aí…

Se é um Sketch é um Rabisco, não é um Desenho…

Cada um é livre para fazer o que lhe apetece nos encontros de Urban Sketching, mas há quem vá para estar ali horas a desenhar o mesmo objecto/vista/perspectiva na mesma mesma dupla página ou na mesma folha de papel, a criar desenhos super-hiper detalhados…

Definição de Sketch na Wikipedia

Sketch traduz-se esquisso, ou seja, um Rabisco. Um Sketch não é um Desenho, porque é suposto ser um preliminar e não um Desenho em si, ou seja, terminado.

Do meu ponto de vista um encontro de Urban Sketchers é para nos descontrair, rabiscar, dizer imensos disparates, comer calorias, apanhar sol, divertir, manter a mente saudável… Também podemos tirar fotografias uns aos outros para mais tarde recordar (se calhar talvez devêssemos tirar muito mais fotografias do que tiramos…)… digo eu, provocadora como sou, deixo aqui os meus pensamentos que me vieram à mente, porque descobri hoje a definição de Sketch” na Wikipedia.

Um Sketch pode ser uma obra de arte? Claro! Do meu ponto de vista, claro. E pergunto, o que é uma Obra de Arte? Sim…? O que é isso?

Já respondi ALI há muitos anos e não mudei de opinião.

Sobre o que é Urban Sketching e o que não é… ou supostamente… ou assim…