ADIADO – Workshop Carimbos e Rabiscos no Parque Bensaúde, Lisboa

Workshop Carimbos e Rabiscos no Parque Bensaúde

ADIADO POR MOTIVO DE OBRAS NO PARQUE
ATÉ DATA A ANUNCIAR


Parque Bensaúde, Lisboa

Público-alvo:
Adultos e crianças a partir dos 10 anos (acompanhadas por um adulto)

Materiais:
Oferta de um caderno
Carimbos disponibilizados para utilização durante o workshop
Materiais para desenhar e pintar à escolha dos participantes

Objectivos:
. Conhecer e explorar o Parque Bensáude através de exercícios de desenho de observação à vista conjugado com carimbos.
. Fornecer ferramentas para que os participantes adquiram bases para a prática do Urban Sketching.
. Motivar os participantes para a actividade do desenho em grupo ou individualmente.

Nº Participantes
. Nº mínimo: 6
. Nº máximo: 14

Formadoras
. Marilisa Mesquita
marilisamesquita.blogspot.com | marilisahandade.blogspot.com
. Rita Caré
papiropapirus.wordpress.com

Informações detalhadas sobre preços, modo de inscrição e outras são fornecidas exclusivamente por e-mail:
mari_lis00@hotmail.com  |  rita.s.care@gmail.com

Evento no Facebook


Roseiral no Parque Marechal Carmona

Estas páginas foram criadas para preparar um workshop no Parque Marechal Carmona, em Cascais, que orientei em Setembro de 2017. Encontrei este roseiral, no qual nunca tinha  reparado, com umas rosas lindas!

Rita Care_ Roseiral_PMC_Set2017 (2) - 1200

Rita Care_ Roseiral_PMC_Set2017 (1)_1200_72São flores muito boas para praticar a técnica de desenho-cego. Os resultados dos meus formandos – que se meteram para dentro do roseiral e tudo! –  foram muito bons, o que os surpreendeu. Mas não a mim, que conheço bem das vantagens desta técnica maravilhosa para aprender a desenhar e para usar também todos os dias, sobretudo usando técnicas soltas de aguarela. Os rabiscos “cegos” são quase sempre um prazer.

 

3 Dez | Workshop – Carimbos e Rabiscos, Lisboa

 

Cartaz1 - WS-3dez2017-CarimbosRabiscos-MarilisaMesquita-RitaCare,Lisboa - red
Desenho com carimbos por Marilisa Mesquita

 

Workshop
Carimbos e Rabiscos

 

FORMADORAS

Marilisa Mesquita http://marilisamesquita.blogspot.pt
Rita Caré
https://papiropapirus.wordpress.com

ONDE e QUANDO?
Lisboa (Próximo do Campo Pequeno – Entre a Culturgest e o Instituto Superior Técnico)
3 Dezembro 2017 (Domingo) – 10h30-13h30 e 15h00-18h30 (Almoço-livre).

Nota:  Os trabalhos funcionarão em sala. Caso o clima o permita faremos uma breve visita a pé ao Bairro do Arco do Cego.

OBJECTIVOS
– Construir carimbos e utilizá-los através de exercícios criativos, tendo como ponto de partida elementos urbanos do Bairro do Arco do Cego.
– Introdução à construção de carimbos e aos materiais necessários.
– Introdução a técnicas de desenho com linha, a técnicas de cor com marcadores e composição.
– Produção de desenhos criados com a utilização destes materiais.

PÚBLICO-ALVO:
Adultos e jovens maiores de 12 anos

Nº Mínimo de Participantes: 4
Nº Máximo de Participantes: 8

NOTA – O Workshop adequa-se a iniciados e também a pessoas que já tenham alguma experiência na produção e utilização de carimbos e em desenho.

MATERIAIS OBRIGATÓRIOS
(pedir informações e recomendações às formadoras, por favor)
– Tesoura de pontas bem afiadas
– X-acto
– Pelo menos um marcador de cor cinzenta.
– Conjunto de marcadores de várias cores (mínimo de 6 cores – situação ideal marcadores de pincel de gama académica).
– A sua caneta/esferográfica preferida (BiC soft, Muji, Rotring, Uni-ball, etc…), de preferência impermeável á água.

OFERTA
EVA (Espuma Vinílica Acetinada)
Papel adequado aos exercícios propostos

EMPRESTAMOS
– Lápis HB ou nº 2
– Borrachas

 

CONTACTOS PARA INSCRIÇÕES DIRECTAMENTE COM A FORMADORA RITA CARÉ
Informações detalhadas sobre os materiais necessários, preços, modo de inscrição e outras são fornecidas exclusivamente por e-mail.

Rita Caré
Projecto Papiro papirus – Rabiscos e Aguarelas
rita.s.care@gmail.com | +351 913 159 291
https://papiropapirus.wordpress.com

 

 

5 Nov | Workshop – Introdução à Aguarela

Rita Care - WS - 5nov2017 q -800px

 

Workshop – Amadeo com Aguarela
Iniciação à Aguarela e ao Abstracto

 

ONDE e QUANDO?
Lisboa (Próximo do Campo Pequeno – Entre a Culturgest e o ISA)
5 Novembro 2017 (Domingo) – 10h30-13h30 e 15h00-18h30 (Almoço-livre)

OBJECTIVOS
– Explorar algumas técnicas de aguarela, o abstracto e a criatividade, tendo como ponto de partida a obra de Amadeo Souza Cardoso.
– Introdução aos materiais básicos necessários para trabalhar com aguarela.
– Introdução a técnicas de aguarela (técnica de molhado no seco, molhado no molhado, criação de degradés e desenho sobre a aguada terminada).
– Concretização de trabalhos abstractos a partir de colagem de imagens impressas e de desenho a partir de obras de Amadeo.

PÚBLICO-ALVO:
Adultos e jovens maiores de 12 anos

Nº Mínimo de Participantes: 4
Nº Máximo de Participantes: 8

O Workshop adequa-se a iniciados e também a pessoas  que já tenham alguma experiência com aguarela ou que já tenham participado nos meus workshops anteriores: “Kandinsky com Aguarela”, “Panorama com Aguarela” e “Do Piroso à Criatividade”.

CONTACTOS PARA INSCRIÇÕES DIRECTAMENTE COM A FORMADORA
Informações detalhadas sobre os materiais necessários, preços, modo de inscrição e outras são fornecidas exclusivamente por e-mail.

Rita Caré
Projecto Papiro papirus – Rabiscos e Aguarelas
rita.s.care@gmail.com | +351 913 159 291
https://papiropapirus.wordpress.com

 

Há papéis e papéis | Resultados à vista

Às vezes não gostamos dos resultados dos nossos trabalhos com aguarela e não percebemos porquê. Isso pode acontecer tanto por causa da qualidade dos pigmentos utilizados e/ou por causa do papel.

Não se pode esperar o mesmo quando se trabalha com pigmentos de gamas infantis, de gamas para estudante académico ou de gamas profissionais. E também não se pode esperar o mesmo de diferentes papéis. Materiais diferentes levam a resultados diferentes. Os preços variam muito. No caso dos materiais para a aguarela, a meu ver compensa comprar materiais de marcas reconhecidas e gamas académicas. Recomendo que as pessoas evitem materiais de gama infantil se querem resultados que as façam felizes.

Rita Care - Amadeo - Aguarela em Abstracto Ago 2017 (2)
Diferentes papéis para aguarela. À esquerda Inart 250 g/m2 de grão fino. À direita Canson XL Aquarelle 300 g/m2 de grão médio.

Recentemente ofereceram-me uma folha de um papel da Inart para aguarela (bloco de 12 folhas) de 250 g/m2 de grão fino – é a imagem à esquerda. Assim que secou, parece que o papel “comeu” as cores. Ficaram muito baças.

Tinha comigo umas folhas do papel Canson XL Aquarelle (bloco de 30 folhas) de 300 g/m2 de grão médio e então refiz o desenho a lápis e voltei a pintar – é a imagem à direita.

Estes papéis são de gamas para estudante académico e vendem-se em blocos. O preço por folha é mais barato no caso do Canson XL Aquarelle.

Em ambas as folhas  foram utilizados pigmentos da Van Gogh (gama de estudante académico da marca Talens) e da White Night.

Qual dos papéis escolheria?

No próximo dia 5 de Novembro de 2017, em Lisboa, falarei deste assunto e de vários outros no Workshop “Amadeo com Aguarela – Iniciação à Aguarela e ao Abstracto”. Em breve divulgarei o programa e outros detalhes. Se quiser saber mais informações escreva para o meu e-mail – rita.s.care@gmail.com

 

Rita Care - Amadeo - Aguarela em Abstracto Ago 2017 (1)
Papel de aguarela Inart 250 g/m2 de grão fino mostrado na imagem em cima à esquerda.

 

 

9 Set | Workshop – Afinal consigo desenhar e aguarelar!

9Set17 - ws-urbansketching-rita-care-papiro-papirus

 

WORKSHOP
Afinal consigo Desenhar e Aguarelar!
Introdução ao Urban Sketching

9 Setembro 2017 (Sábado)
Parque Marechal Carmona, Cascais

OBJECTIVOS
– Fornecer ferramentas para que os participantes adquiram bases para a prática de desenho urbano de observação à vista (conhecido por Urban Sketching) em diários gráficos, através de técnicas de desenho com linha e de técnicas de aguarela com pincel de reservatório.
– Motivar os participantes para actividades de Urban Sketching em grupo ou individualmente.

PROGRAMA DA MANHÃ – 10-13h
– Introdução ao Urban Sketching e à sua importância para a vida do dia-a-dia dos Urban Sketchers (exemplos de trabalhos próprios e de outros autores).
– Breve introdução à teoria da cor e experiências com aguarela.
– Introdução a técnicas de aguarela com pincel de reservatório.
– Introdução a técnicas de desenho de observação à vista com linha.
– Ao longo da sessão serão propostos vários desafios/exercícios a serem partilhados e debatidos entre a formadora e os participantes de forma construtiva.

ALMOÇO LIVRE

PROGRAMA DA TARDE – 14h00-18h00
– Exercícios de Urban Sketching propostos para explorar proporções, composição e mancha de aguarela de forma criativa.
– Os trabalhos serão partilhados e debatidos entre a formadora e os participantes de forma construtiva.

MATERIAIS OBRIGATÓRIOS
– Caneta preta impermeável à água. Por exemplo, canetas técnicas (0,3 ou 0,5) da Sakura, Uni Ball, Pentel ou outra marca, caneta (0,5) Roller Uni Ball Eye Micro (à venda nos grandes supermercados e papelarias) ou esferográfica BiC da gama Soft  (à venda nos supermercados e papelarias).
– Caixa portátil com pastilhas de aguarela (evitar aguarelas de gama infantil/escolar que têm pastilha redonda grande)
– Pincel de Reservatório de dimensão média. Por exemplo, da Pentel ou da Sakura

OFERTA DE CADERNO

MATERIAIS RECOMENDADOS:
– Banco tripé / portátil

IDADE
– Adultos e jovens a partir dos 12 anos

Nº MÁXIMO DE PARTICIPANTES:
8 pessoas

PREÇO E OUTRAS INFORMAÇÕES
Sob consulta – Envie-me um e-mail, por favor.

FORMADORA
Rita Caré
Projecto Papiro papirus – Rabiscos e Aguarelas
https://papiropapirus.wordpress.com
rita.s.care@gmail.com | +351 913 159 291

___

Exemplos de Urban Sketching com caneta e Aguarela

 

 

Lago do Convento e o Aqueduto | Herdade da Mitra

O último workshop que orientei – e já sentia falta! – foi para seis investigadores e realizado na Herdade da Mitra da Universidade de Évora. Foi mais um daqueles momentos especiais, muito além do próprio workshop. Vieram à tona memórias que me são muito estimadas…

Cheguei bem cedo e decidi visitar a Anta-Ermida de Nossa Senhora do Livramento.

rita-care-anta-ermida-livramento-h-mitra-evora-14jan2017
Rabisco num caderno “que não se vê” na Anta-Ermida de Nossa Senhora do Livramento, Évora.

Regressar à Mitra foi voltar a um local que adoro e que visitei várias vezes nos anos de faculdade, porque a minha amiga mais antiga aí se licenciou em Engenharia Zootécnica.

Voltei a ver o Rui, primeiro autor do único artigo científico que escrevi enquanto bióloga (ainda éramos estudantes universitários!) sobre a importância dos jardins de Lisboa para a comunidade de aves que lá passam o Inverno. Nesse longínquo ano de 1998-99, passei várias horas com o Rui e outros três colegas a percorrer jardins e a aprender a identificá-las através de observação com binóculos e pelo canto – ainda hoje ando com um guia e uns binóculos na bagageira do carro, mas raras vezes lhes dou uso…

Durante o almoço do workshop, alguns membros do grupo passaram o tempo a identificar aves pelo canto.

rita-care-herdade-da-mitra-evora-14jan2017
Exemplo para um dos exercícios realizado no lago do Convento do Bom Jesus de Valverde com vistas para o Aqueduto.

Mesmo sob “frio polar” lá fomos em exploração de algumas vistas da Mitra para exercícios de rabiscos. O grupo produziu extraordinários desenhos que me deixaram radiante!!

Clicar nas fotos para ver maior

Obrigada pelo convite, pela organização e pela cedência da sala!!

Espero ver-vos a todos por aí com rabiscos,
por exemplo num dos encontros dos Évora Sketchers! :)

Workshop Urban Sketching em Évora

ws-urbansketching-rita-care-papiro-papirus

WORKSHOP DE URBAN SKETCHING,
DESENHO E AGUARELA
14 Janeiro de 2017, Évora

RESULTADOS PUBLICADOS ALI!

OBJECTIVOS
– Fornecer ferramentas para que os participantes tenham bases para a prática de desenho urbano de observação à vista (Urban Sketching) em diários gráficos, através de técnicas de desenho com linha e de técnicas de aguarela com pincel de reservatório.
– Motivar os participantes para actividades de Urban Sketching em grupo ou individualmente.

PROGRAMA DA MANHÃ – 10-13h
– Introdução ao Urban Sketching e à sua importância para a vida do dia-a-dia dos Urban Sketchers (exemplos de trabalhos próprios e de outros autores).
– Breve introdução à teoria da cor e experiências com aguarela em folhas soltas (oferta as folhas)
– Introdução a técnicas de desenho de observação à vista com linha
– Introdução a técnicas de aguarela com pincel de reservatório
– Ao longo da sessão serão propostos vários desafios/exercícios a serem partilhados e debatidos entre a formadora e os participantes de forma construtiva.

ALMOÇO LIVRE

PROGRAMA DA TARDE – 14h30-18h30
– Exercícios de Urban Sketching propostos para explorar proporções, composição e mancha de aguarela de forma criativa.
– Os trabalhos serão partilhados e debatidos entre a formadora e os participantes de forma construtiva.

MATERIAIS OBRIGATÓRIOS
– Caderno A6 ou A5 com papel (pouco rugoso) de 160g/m2 ou mais
– Caneta preta impermeável à água. Por exemplo, canetas técnicas (0,3 ou 0,5) da Sakura, Uni Ball, Pentel ou outra marca, caneta (0,5) Roller Uni Ball Eye Micro (à venda nos grandes supermercados e papelarias) ou esferográfica BiC da gama Soft  (à venda nos supermercados e papelarias).
– Caixa portátil com pastilhas de aguarela (evitar aguarelas de gama infantil/escolar que têm pastilha redonda grande)
– Pincel de Reservatório de dimensão média

MATERIAIS RECOMENDADOS:
– Banco tripé / portátil
– Luvas “sem dedos” se estiver frio

VALOR
Sob consulta

FORMADORA
Rita Caré
Projecto Papiro papirus – Rabiscos e Aguarelas
https://papiropapirus.wordpress.com
+351 913 159 291 | rita.s.care@gmail.com

19 Junho | Workshop 2 em 1 | Afinal consigo desenhar nos Jardins do Marquês, Oeiras

Workshop
Afinal consigo desenhar e pintar
nos Jardins do Marquês

Todo o dia ou só à tarde
Carcavelos e Oeiras

Opção 1 (recomendado a iniciados)
10h-13h00 – Iniciação ao desenho e à aguarela em ambiente de atelier, Carcavelos
15h-18h30 – Sessão de urban sketching nos Jardins do Palácio do Marquês de Pombal, Oeiras.

Opção 2 
15h-18h30 – Sessão de urban sketching nos Jardins do Palácio do Marquês de Pombal, Oeiras.

 

PARA QUEM?
Para todos os que estão convencidos que nunca saberão desenhar e pintar.
– Para todos os que estão já convencidos que conseguem desenhar e pintar, mas que querem aprender mais
– Para maiores de 11 anos se acompanhados por adulto

PROGRAMA?
– Introdução ao uso dos diários gráficos no dia-a-dia e seus benefícios
– Exemplos de diários gráficos de diferentes autores e suas abordagens
– Exercícios de introdução ao desenho de contorno (com lápis e/ou caneta) e à aguarela com uso de pincel de reservatório (aguada livre, cores, volume e sombras)
– Exercícios de desenho e aguarela com composição de, esculturas, edifícios, outros “objectos” e paisagem dos Jardins do Palácio do Marquês de Pombal.

INSCRIÇÃO OBRIGATÓRIO

Valores sob consulta

 

CONTACTOS
Rita Caré . 913 159 291 . rita.s.care@gmail.com
https://papiropapirus.wordpress.com

Workshop de Diários Gráficos na Biblioteca da Trafaria

O Henrique Vogado e eu orientamos um workshop de diários gráficos em agendas inutilizadas (mas novas!) na Biblioteca da Trafaria.

Ficam aqui os exercícios que propus e o exercício proposto pelo Henrique e que não terminei (ainda…).

Rita Care - WS-BiblioTrafaria 14maio2016 (1) (1024x685)
César Caldeira em Desenho cego

Rita Care - WS-BiblioTrafaria 14maio2016 (2) (1024x706)
Desenho cego do modelo de barco produzido pelo artesão Carlos Santos

Rita Care - WS-BiblioTrafaria 14maio2016 (3) (1024x682)
Desenho cego de modelo de barco produzido pelo artesão Carlos Santos

Rita Care - WS-BiblioTrafaria 14maio2016 (4) (684x1024)
César Caldeira em Desenho semi-cego

Rita Care - WS-BiblioTrafaria 14maio2016 (5) (1024x717)
Desenho de composição de partes da biblioteca (proposta do Henrique Vogado) ainda não terminado. Utilizei por escolha própria a técnica de desenho semi-cego.

 

O César Caldeira organizou um álbum de fotos com fotos dele, do Henrique e minhas AQUI. E mais reportagem do César Caldeira ACOLÁ!

Mais desenhos da parte da tarde no Encontro USkP na Trafaria ALI!

 

 

“Gatafunhices” na Fábrica da Nata, no MUDE e na Livraria de Oeiras

Sempre que possível faço desenhos preparatórios dos locais visitados durante os workshops de diários gráficos para melhor pensar e explorar ideias de exercícios. Quase não desenho durante as formações. Só o básico para dar exemplos de técnicas. Acontece-me quase sempre sentir uma ânsia desenfreada por desenhar depois de os terminar.

No Domingo foi um desses dias! Desenhei na Fábrica da Nata antes de ir para o workshop , em Lisboa (com perspectivas e outras particularidades descaradamente inventadas…).

Rita Care - Fabricanata, lx - 8maio2016 (1024x682)
Desenho no local

 

Rita Care - Fabricanata, lx - 8maio2016 - cor (1024x642)
Pinturas ao almoço

 

Rita Care - Carro ovoBMW - Desenho cego (1024x588)
BMW “ovo” em linha de contorno e desenho cego

 

Rita Care - Carro ovoBMW - Desenho semi cego (1024x593)
BMW “ovo” em linha de contorno e desenho semi-cego e a “correr”…

 

Desenhei cego e semi-cego (a correr desastradamente…) o BMW “ovo” do MUDE – Museu do Design e da Moda – e ainda…!
Assim que pude sentei-me no meio do chão mesmo em frente da Gatafunho a desenhar a entrada exterior e a montra…
É que para se ser “urban sketcher” mais “urban sketcher” tem que ser sentada no chão ;-)

 
 

Rita Care - Gatafunho, Oeiras - 8maio2016 (1024x793)
A pintar a Gatafunho na Barra de Chá Villa, Palácio do Egipto, Oeiras 

 

A Gatafunho é a livraria do Centro Histórico de Oeiras, que fica mesmo em frente à porta da Igreja Matriz. Tem um aviso na porta: “Há hora do conto todos os Domingos às 11h30”. Os livros são novos e usados e para todas as idades. Os títulos na montra são um petisco para mim e para a Alice (2 anos). Ai a Tia Titá perde-se com estes temas apetitosos com vazio(s), balbúrdia(s) (uma palavra muito gira, tal como gatafunhices, badalhuquices, rabiscos…), bandidos…

15 Maio | Workshop – Iniciação à Aguarela e ao Abstracto: Kandinsky com Aguarela

Workshop – Kandinsky com Aguarela
Iniciação à Aguarela e ao Abstracto

 

ONDE e QUANDO?
Carcavelos | 15 Maio – 10h-13h e 14h30-17h30

PARA QUEM?
Maiores de 11 anos que tenham interesse por aprender e praticar técnicas de aguarela e abstracto.

PROGRAMA?
Introdução a técnicas básicas de aguarela (técnica de molhado no seco, molhado no molhado e desenho sobre a aguada terminada). O ponto de partida criativo é a obra de Wassily Kandinsky.

MATERIAIS NECESSÁRIOS
– Kit de Aguarela (preferencialmente de tubo – pastilhas de aguarela de gama infantil não se adequam) e Pincéis (pincéis de reservatório não se adequam).

MATERIAIS FORNECIDOS
– Folhas de papel para aguarela de diferentes qualidades (podem também levar as vossas se quiserem);
– Godés
– Copos
Nota: Se quiserem comprar materiais antes do workshop, escrevam a pedir recomendações

INSCRIÇÕES / PAGAMENTO
Sob consulta

NOTA – Esta actividade terá o máximo de 4 participantes

CONTACTOS
Rita Caré . 913 159 291 . rita.s.care@gmail.com
https://papiropapirus.wordpress.com

7 e 8 Maio – Workshop – Afinal consigo desenhar e aguarelar!

 

7 e 8 Maio (Sábado e Domingo)
Workshop
Afinal consigo desenhar e aguarelar!
Carcavelos e Lisboa

QUANDO?
7 Maio – 10h-13h00 – Iniciação ao desenho e à aguarela em ambiente de atelier em Carcavelos
8 Maio – 10h-13h30 – Sessão de urban sketching num museu da Baixa de Lisboa

PARA QUEM?
Para todos os que estão convencidos que nunca saberão desenhar e pintar.
– Para todos os que estão já convencidos que conseguem desenhar e pintar, mas que querem aprender mais
– Para maiores de 11 anos se acompanhados por adulto

PROGRAMA?
– Introdução ao uso dos diários gráficos no dia-a-dia e seus benefícios
– Exemplos de diários gráficos de diferentes autores e suas abordagens
– Exercícios de introdução ao desenho de contorno (com lápis e/ou caneta) e à aguarela com uso de pincel de reservatório (aguada livre, cores, volume e sombras)
– Exercícios de desenho e aguarela com composição de objectos e paisagem

INSCRIÇÃO OBRIGATÓRIA / PAGAMENTO
Valor: Sob consulta

EXEMPLOS DE RESULTADOS
Aqui e Ali

NOTA – Esta actividade terá o máximo de 4/5 participantes

CONTACTOS
Rita Caré . 913 159 291 . rita.s.care@gmail.com
https://papiropapirus.wordpress.com

16 Abril – Workshop | Desenhar e Pintar “Coisas Verdes” e Borboletas com Lápis-de-cor”, Parque S. Domingos de Rana

Folhas de Eucalipto com técnicas de lápis-de-cor-aguarelável by Rita Caré (2014)
Folhas de Eucalipto com técnicas de lápis-de-cor-aguarelável

ANULADO DEVIDO ÀS CONDIÇÕES CLIMATÉRICAS!

Worshop
Desenhar e Pintar “Coisas Verdes” e Borboletas
com Lápis-de-cor

QUANDO e ONDE?
16 Abril 2016 – 10h-13h30 (Sábado)
Parque Urbano Quinta de Rana, São Domingos de Rana (Cascais)

TEMAS?
“Coisas Verdes” – conhecidas também por ervas (daninhas ou não), folhas, plantas, frutos, flores e árvores – e borboletas.

PROGRAMA?
– Introdução ao uso dos diários gráficos no dia-a-dia e seus benefícios
– Introdução ao desenho de observação com linha e contorno e às técnicas com lápis-de-cor-aguareláveis
– Exercícios com composição de “coisas verdes” e borboletas e paisagem urbana de um jardim.

MATERIAIS NECESSÁRIOS?
– Os participantes devem levar caderno A5 ou A6 e lápis-de-cor aguarelável e são livres de levar consigo outros materiais. Se não tem lápis-de-cor aguareláveis deve falar comigo antes de fazer investimentos!
– Empresto lápis de grafite, borrachas, canetas/esferográficas pretas e pincéis.
– Recomenda-se banco ou cadeira portátil (de praia/campismo), chapéu, água e lanche.

DURAÇÃO?
3h30 de formação

PARA QUEM?
– Para todos os que estão convencidos que nunca saberão desenhar e pintar.
– Para todos os que estão já convencidos que conseguem desenhar e pintar, mas que querem aprender mais
– Para maiores de 11 anos

INSCRIÇÃO OBRIGATÓRIA / PAGAMENTO
Valor: Sob consulta

Nota – Esta actividade terá o máximo de 8 participantes

CONTACTOS
Rita Caré . 913 159 291 . rita.s.care@gmail.com
Informações sobre outros workshops e aulas

 

RESULTADOS DE OUTROS WORKSHOPS AQUI

Resultados WS – Desenho cego em curto-circuito com os USkP

O dia do mega Workshop dos Urban Sketchers Portugal no Museu da Electricidade, em 31 de Janeiro de 2016 – “Todos em Curto-Circuito” – começou bem cedo para mim que fui banhar-me de sol bem cedo para o relvado junto ao rio ali colado com o museu. Uma autêntica Primavera doce no Inverno.

Rita Care - WS Desenho Cego - Curto-Circuito USkP EDP - 31jan2016 (1)

Foi um enorme prazer e uma grande aprendizagem ser par do Pedro Loureiro neste workshop onde explorámos o desenho cego (o Pedro) e o desenho semi-cego (eu). E também uma deliciosa experiência partilhar a paixão por estas técnicas com tantas pessoas.

Como é meu hábito, não faço desenhos completos (faço apenas uns rabiscos para exemplificar as técnicas) durante os workshops. Não sou capaz de parar quieta andando sempre às voltas, a seguir o que os participantes vão fazendo para tentar comentar sempre que achar que é necessário, de forma a que possam ter performances que os ajudem a ficar mais satisfeitos com os resultados. Assim, só há fotos para memória futura. As fotos dos desenhos que aqui publico foram as que se salvaram das muitas desfocadas. Não coloco o nome dos autores, pois não sei quem são os autores. Ao longo do dia devemos ter tido cerca de 35 a 40 participantes em quatro sessões. Seria impossível saber quem são os autores. Quem vir os desenhos “acuse-se” para eu colocar o seu nome na legenda por favor.

Rita Care - WS Desenho Cego - Curto-Circuito USkP EDP - 31jan2016 (4)

Rita Care - WS Desenho Cego - Curto-Circuito USkP EDP - 31jan2016 (5)

Rita Care - WS Desenho Cego - Curto-Circuito USkP EDP - 31jan2016 (6)

Rita Care - WS Desenho Cego - Curto-Circuito USkP EDP - 31jan2016 (9)

OBRIGADA ao Apoio nos projectos Papiro papirus 2015

ritacare-papiropapirus-png

Os muitos projectos de DESENHO E FOTOGRAFIA nos quais me envolvi ao longo de 2015 – organização e/ou participação de inúmeros encontros de rabiscos (e de fotografia também…), exposições individuais e colectivas de desenho e aguarela, orientação de workshops nestas áreas para o público, publicação de desenhos em revistas e até num livro – não teriam sido possíveis sem o apoio e patrocínio de várias entidades, projectos e pessoas.

É com grande emoção que agradeço, neste final de 2015, o vosso apoio e acreditarem no trabalho que tenho vindo a desenvolver na divulgação do desenho de observação à vista no local (ou desenho de rua) em diários gráficos, da aguarela e do abstracto, das histórias em reportagens desenhadas ou ainda histórias inventadas como complemento aos desenhos de observação e mais recentemente na promoção do trabalho paralelo da fotografia e do desenho nos mesmos espaços/encontros.

Nomeio por ordem alfabética as entidades/projectos e pessoas incontornáveis que se destacaram, sem as quais nada disto teria sido possível.

ENTIDADES / PROJECTOS

O projecto (A)RISCAR O PATRIMÓNIO da DGPC com os Urban Sketchers Portugal, organizou pela segunda vez encontros de diários gráficos, em múltiplos locais em Portugal num único dia para celebrar as Jornadas Europeias do Património, e Exposição Itinerante, a decorrer em 2015/2016 com desenhos dos encontros de 2014, que inclui um dos meus desenhos mais surpreendentes (para mim) que alguma vez realizei num caderno.

(a)Riscar o Património - DGPC

A Casa João do Rio, em Lisboa, e a Maria Celeste Lopes. Não tenho palavras suficientes para explicar a sua Amizade para comigo e o seu apoio incondicional aos meus projectos de formação em aguarela e abstracto.

CasaJoaoRio-logo

O colectivo Foto&Sketchers 2´´, que criei em Abril de 2005 e que coordeno, em especial os seus co-coordenadores e membros fundadores, pelo apoio e entusiasmo na organização de encontros/expedições e na invenção de projectos adicionais complementares.
FS2linhas-Logo Quadrado Texto

A Fundação Portuguesas das Comunicações e o Museu das Comunicações, Lisboa, no apoio à organização de workshops para o público e à visita dos Foto&Sketchers 2´´, através do apoio das equipas de Comunicação e Educação, da Ana Ferreira e da sua directora da Cristina Webber.

FPC

A escritora Margarida Fonseca Santos pela divulgação dos meus textos (em alguns casos divulgando os rabiscos complementares) no seu projecto Histórias em 77 Palavras, tanto no blog, como na Rádio Sim, e em breve num dos seus futuros livros e num jogo.
Logo77Palavras

Ao ITQB_UNL – Instituto de Tecnologia Química e Biológica – António Xavier – Universidade Nova de Lisboa, Oeiras, pelo apoio na organização dos encontros de diários gráficos e exposição no projecto RABISCOS NO ITQB, em especial à Ana Sanchez, à Cláudia Lopes e ao Luís Morgado do Gabinete de Comunicação e aos investigadores Carlota Vaz Patto, José Ricardo Salvado e Pedro Fevereiro. Neste projecto agradeço também o apoio do CiB – Centro de Informação de Biotecnologia, na co-organização e oferta de materiais e ao seu Presidente Pedro Fevereiro.

logo_ITQB_versao_vertical_signaturelogo_cib

A L1B – Associação Cultural, Seixal, e em especial à Manuela Rolão, por me apoiar na divulgação dos meus workshops e por me oferecer um dos workshops da L1B para celebrarmos o 20º  Workshop de Diários Gráficos no Seixal, porque “Divulgação, Paz e Amor aos Rabiscos” é um dos lemas das nossas vidas.L1B-logo

A Livraria Palavra de Viajante, em Lisboa, a Ana Coelho e a Dulce Gomes, pelo apoio na Exposição “Alemanha 3 x desenhada ao sol” e por se “virarem do avesso” para conseguirem encomendar alguns dos mais “estranhos” livros de rabiscos e difíceis de encontrar! – Nota: A livraria mudou de instalações, mas ficará só 2 portas ao lado e com muito mais espaço para receber fãs, divulgar países, as suas cultura e celebrar viagens pelo mundo fora.Palavra Viajante - logoO bar-restaurante Velha Gaiteira, em Lisboa, o Chef Santos Noguera, o João Caio e a Dulce Encarnação pelo seu constante apoio à organização dos meus workshops para o público e ao receber os Foto&Sketchers 2´´ para visitas rabiscadas e com petiscos, sempre com grande animação.
VelhaGaiteira-logo

Destaco o colectivo Urban Sketchers Portugal (USkP), cuja coordenação me deu a oportunidade de ajudar em tudo o que me foi possível para melhorar a divulgação de actividades de diários gráficos no blog e criando/gerindo o Facebook USkP. Destaco também todas as dezenas de anónimos, e não anónimos, que contribuem para este colectivo e para que a Associação USkP seja possível. Um agradecimento especial ao Luís Ançã, pelo que aprendi com ele sobre estruturação de projectos, gestão de equipas, crítica construtiva, HTML (e ainda música…). Agradeço ainda os muitos encontros organizados, alguns deles com exposições onde se incluem alguns dos meus desenhos em diário gráfico.

USkP-FundoBranco

A todos os Grupos Portugueses de Sketchers Regionais e Locais que visito pessoalmente e/ou com os quais interajo na internet, por concretizaram encontros atrás de encontros, projectos e exposições (nos quais se incluem alguns dos meus trabalhos), pela partilha e aprendizagem constante, tanto ao nível do desenho e materiais pintadores, como ao nível da gestão das suas actividades. Destaco ainda a aprendizagem constante que tenho ao assistir indirecto à partilha das actividades muito criativas e entusiasmadas dos Aveiro Sketchers; a interacção com os Évora Sketchers e, em especial ao seu coordenador Luís Ançã, pelas extraordinárias recepções que sempre nos fazem quando partimos para o Alentejo a sonhar com petiscos e rabiscos; e deixo também um agradecimento especial ao Hélio Boto dos USkP Algarve pela organização do encontro de Silves e respectivas exposição e catálogo onde se incluem trabalhos meus.

Mapa Grupos Sketchers em Portugal - V2 - Rita Caré - Dez 2015 - FS 2´´ - 23 Dez 2015

Zestbooks pela edição e produção do livro “Lisboa por/by Urban Sketchers”, que inclui dois dos meus desenhos. Claro que não poderia deixar de agradecer também a contribuição para este projecto da Associação USkP.

Livro Lx USkP 2015

PESSOAS

Durante 2015, houve pessoas sem as quais muitos destes projectos não teriam sido possíveis e que estiveram sempre a meu lado de forma constante, colaborando na organização, divulgação e/ou oferecendo críticas positivas para melhorar sempre todos os aspectos possíveis do meu trabalho.

Ana Cristina Crispim
Luís Ançã
Manuela Rolão
Maria Celeste Lopes
Mário Crispim
Marilisa Mesquita
Raquel Sousa
Rita Catita Afonso
Sara Fonseca Ferreira
Teresa Ogando
Zé Ricardo Salvado

E finalmente, a todos os que de alguma forma viajaram comigo por aí com Rabiscos, Aguarelas, outros materiais pintadores e Fotografia: por participarem entusiasticamente nos workshops e actividades e voltarem (!), por ajudaram a divulgá-los, tanto no meu projecto pessoal Papiro papirus – Rabiscos e Aguarelas (que já leva mais de 7 anos, sendo que nos últimos dois anos esteve hiper-activo de actividades para além da produção/publicação de trabalhos) e para todos os que de alguma forma contribuíram para que o colectivo Foto&Sketchers 2´´ seja uma realidade com quase 20 encontros/expedições realizados desde Abril de 2015.

Queridos amigos, reparem… para mim desde meados de 2013, este tipo de actividades, as quais organizo e/ou participo (quase todas realizadas como passatempo e como voluntária) e a consequente Partilha fazem com que o Natal exista quase semanalmente. A vossa companhia (mesmo que não seja presencial) é algo extremamente Raro, Fantástico, Rico…

Como muitos de vocês já sabem irei ausentar-me até Abril de 2016 por questões inadiáveis, que me estão a empecilhar a Vida e a Felicidade!
Andarei por aí, ali e acolá, mas pouco. Anseio por regressar diferente: mais “pequena” no Corpo e “maior” na Alma.

OBRIGADA! Desejo um 2016 repleto de saúde e hiper-actividades!

Um grande abraço

Rita Caré

13 Dez | Workshop – Fashion Sketching: Reportagem Desenhada com Moda, Lisboa

Workshop
Fashion Sketching
– Reportagem Desenhada –
[Roupa e outros objectos da Moda]

QUANDO e ONDE?
13 Dezembro – 14h30-18h (Domingo)
Rua Augusta e/ou MUDE, Lisboa (depende do clima)

TEMAS?
Design, Moda, Roupa, Sapatos, Malas, Chapéus, Mobiliário Urbano, Mobiliário do Lar, etc.

PROGRAMA?
– Introdução ao uso dos diários gráficos no dia-a-dia e seus benefícios
– Técnicas de reportagem em diário gráfico
– Prática de desenho de observação com linha e contorno
– Prática de pintura aguarela, lápis-de-cor (aguareláveis ou não), marcadores (canetas-de-feltro) ou lápis-de-cera (aguareláveis ou não) – a escolha dos materiais é do participante.
– Exercícios/Desafios Desenhados

MATERIAIS NECESSÁRIOS?
– Os participantes devem levar caderno A5 ou A6 de capa rígida sem argolas
–  Kit portátil de Aguarela (cx de pastilhas e pincel de reservatório), lápis-de-cor (aguareláveis ou não), marcadores (canetas-de-feltro) ou lápis-de-cera (aguareláveis ou não) – a escolha dos materiais é do participante, caneta preta fina, lápis de grafite nº2 ou HB
– Não é necessário banco ou cadeira portátil (de praia/campismo),
– Dependendo do clima recomenda-se chapéu ou chapéu de chuva, água e lanche.

DURAÇÃO?
3h30 de formação

PARA QUEM?
– Para todos os que estão convencidos que nunca saberão desenhar e pintar.
– Para todos os que estão já convencidos que conseguem desenhar e pintar, mas que querem aprender mais
– Para maiores de 11 anos

INSCRIÇÃO OBRIGATÓRIA / PAGAMENTO
Valor: Sob consulta

Nota – Esta actividade terá o máximo de 8 participantes

CONTACTOS
Rita Caré . 913 159 291 . rita.s.care@gmail.com
https://papiropapirus.wordpress.com

15 Nov – Workshop – Aguarela com Kandinsky – ESGOTADO =)

Pela primeira vez em quase dois anos, desde que me iniciei nas lides de orientar e organizar workshop de rabiscos e aguarela, chego a três dias de um workshop e ele está completamente esgotado com uma pessoa a mais aceite por ter vindo dos Açores! =)

Ainda por cima é a primeira vez que vou partilhar o Amor da Minha Vida nos “Rabiscos”: a Aguarela em Abstracto inspirada nos trabalhos geométricos de Kandinsky (trabalho que desenvolvi durante cerca de quatro anos em atelier com Alexandre Caetano). Estou numa excitação e cheia de receio de fique toldada pelo meu Amor… e não consiga ter sucesso na partilha…

Obrigada a todos os que confiam em mim para esta tarefa e um ABRAÇO especial à MARIA CELESTE da Casa João do Rio por mais uma vez nos deixar invadir a antiga casa dos seus pais com estas actividades.

Aguarela com Kandinsky (3)     

Workshop
– Kandinsky com Aguarela – 
Iniciação à Aguarela e ao Abstracto

15 Novembro 2015, Casa João do Rio, Lisboa
10h30-13h | 14h-17h30

Rita Caré

rita.s.care@gmail.com | 913 159 291

RESUMO: O objectivo do workshop é introduzir as técnicas básicas de aguarela (técnica de molhado no seco, molhado no molhado e desenho sobre a aguada terminada. O ponto de partida criativo são trabalhos de Wassily Kandinsky.

Mais informações para próximas oportunidades por email
(talvez em Março de 2016…)

ORGANIZAÇÃO:
Maria Celeste Aguiar Canongia Lopes (Casa João do Rio) e Rita Caré (formadora)
O workshop realizar-se-á na Casa João do Rio, antiga casa dos pais de Maria Celeste nas últimas cinco décadas do séc. XX. A casa mantém as características de antigamente (apesar de uma das divisões ter sido adaptada para workshops) e é um espaço extraordinário para a realização de actividades culturais, pois inclui objectos, cada um com a sua história particular. Maria Celeste tem vindo a organizar encontros de desenho em diários gráficos e pretende, desde 2014, organizar workshops e outros eventos culturais com o objectivo de celebrar da melhor forma a Vida do seu pai Dionísio Alexandre Aguiar, cujo o principal passatempo foi a pintura.

14 Nov – Workshop Sea Sketching: Reportagem Desenhada

Workshop
Sea Sketching: Reportagem Desenhada
[O mar e as suas histórias em Cascais]
– Reportagem Desenhada –

QUANDO e ONDE?
14 Novembro – 14h00-17h30h (Sábado)
Museu do Mar e Miradouro da escultura do Rei D. Carlos I

TEMAS?
Mar, Oceano, Peixes, Tubarões, Golfinhos, outros seres marinhos, pesca, etc.

PROGRAMA?
– Introdução ao uso dos diários gráficos no dia-a-dia e seus benefícios
– Técnicas de reportagem em diário gráfico
– Prática de desenho de observação com linha e contorno
– Prática de pintura aguarela, lápis-de-cor (aguareláveis ou não), marcadores (canetas-de-feltro) ou lápis-de-cera (aguareláveis ou não) – a escolha dos materiais é do participante.
– Exercícios/Desafios Desenhados

MATERIAIS NECESSÁRIOS?
– Os participantes devem levar caderno A5 ou A6 de capa rígida sem argolas
–  Kit portátil de Aguarela (cx de pastilhas e pincel de reservatório), lápis-de-cor (aguareláveis ou não), marcadores (canetas-de-feltro) ou lápis-de-cera (aguareláveis ou não) – a escolha dos materiais é do participante, caneta preta fina, lápis de grafite nº2 ou HB
– Recomenda-se banco ou cadeira portátil (de praia/campismo), chapéu, água e lanche.

DURAÇÃO?
3h30 de formação

PARA QUEM?
– Para todos os que estão convencidos que nunca saberão desenhar e pintar.
– Para todos os que estão já convencidos que conseguem desenhar e pintar, mas que querem aprender mais
– Para maiores de 11 anos

INSCRIÇÃO OBRIGATÓRIA / PAGAMENTO
Valor: Sob consulta

Nota – Esta actividade terá o máximo de 8 participantes

CONTACTOS
Rita Caré . 913 159 291 . rita.s.care@gmail.com
https://papiropapirus.wordpress.com