Seixal: Nebular, colorir, panquecar…

Chovia e o Seixal aparecia e desaparecia ao gosto da neblina, do outro lado do rio. Não me lembro de alguma vez ter desenhado dentro do carro com os limpa pára-brisas sempre ligados…

dscf8151

Segui para me empanturrar deliberadamente de piano na brasa. Não bastando isso, cheguei à hora marcada para cumprir o sonho de há semanas de comer devagarinho a bola de berlim à minha espera.

Depois de vários achaques de nervos com a caneta de aparo falsa de ponta voltada, e de lhe passar o óbito, prossegui serena para perspectivas delirantes com outros materiais.

dscf8150

Desenhar taças de vidro com as perspectivas correctas… está bem, está… e então os brilhos… As participantes no workshop da L1B, com a Manuela e a Alice Rolão, deliraram sobre estranhos nomes próprios e não pararam durante um bom bocado…

dscf8148

Ao terceiro rabisco é o costume. Sou uma formanda desordeira e não fiz nada do que foi pedido… mas gostei mais assim e já estava tão enpanquecada que só me apetecia sentar numa poltrona a rebolar na tagarelice.

dscf8147

Mais uma bela tarde no Seixal, num dia que trouxe finalmente o frio!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s