Rabiscos Digitais: Mais uma tentativa para ficar…

Passar um fim-de-semana de meias e com rabiscos no quentinho, a fingir que se tem 5 anos, convivendo com a Alice é muito abraçado. Aprender com  Alice também, porque nenhuma criança de 5 anos sem pré-aviso tem medo de agarrar num tablet a sério e explorar as ferramentas sem dificuldade nenhuma. Parecem eles que já vêm com chip instalado…

Titá muito favorecida…
Não se deixem enganar isto é um avião…

Não tenho problema nenhum de a sentar ao meu lado e passar-lhe uma fortuna para a mão, desde que esteja de olho. A Alice é uma criança sossegadinha e que adora rabiscar como todas as crianças. A facilidade com que usou a caneta digital Surface, pesada, foi incrível. Mesmo muito. E aprendi tanto, porque a Alice não teve os medos adultos de estragar a ponta e por isso fez a pressão intuitiva para criar traços largos! Levou o precioso objecto ao limite, coisa que eu demoraria muito tempo a fazer. 

digital sketches, sn challenge, sn hangout, Rita Caré

Entretanto, quando fiquei a sós com a tecnologia atirei-me para os exercícios SN_Challenge do projecto SN_Hangout da Makayla Lewis para me motivar a não desistir das minhas explorações. Estes rabiscos, que significam metade do desafio, demoraram 3 horas a criar. Com materiais clássicos demoro 1 a 1h30 acumprir o desafio, dependendo da dificuldade do tópico proposto. Chegarei lá no digital :)

Qual é o programa utilizado… Não digo. Mas deixo a dica que deixo sempre para os materiais clássicos. Se querem saber do que gostam e querem usar têm que experimentar tudo o que vos aparece disponível. 

Anúncios

1ª Reportagem Gráfica com Ciência | Peixes também precisam de amigos!

1ª Reportagem Gráfica com Ciência
Os Peixes também precisam de amigos!

Ler Comunicado do IGC – PT Read IGC Press Release – ENG

Equipa de cientistas do Instituto Gulbenkian de Ciência, do ISPA – Instituto Universitário, e da Fundação Champalimaud, demonstraram que os peixes-zebra precisam de suporte social para ultrapassarem situações adversas. Ou seja, os peixes-zebra precisam de amigos para viverem a vida com maior qualidade quando se vêem perante alguma ameaça.

Esta investigação sugere que a espécie de peixe-zebra é assim um modelo biológico de eleição para estudar comportamentos sociais e os mecanismos neurais subjacentes.

Ana Faustino explicou que “Apesar do comportamento de suporte social do peixe-zebra não ter a complexidade do suporte social verificado em humanos, a investigação em peixe-zebra vai permitir-nos explorar em profundidade os mecanismos neurais envolvidos neste comportamento social tão central para o bem-estar e saúde mental humana, nomeadamente pela relevância que assume em determinadas doenças psicológicas, como é o caso da depressão”.

O artigo científico no qual este tema foi explorado está publicado na revista Scientific Reports.

Ler o comunicado de imprensa completo do IGC em Português.
Read the full version of IGC press release in English.

Reflexão / Auto-crítica:

  • Esta reportagem não demorou muito tempo a criar, porque o comunicado do IGC explica muito bem os pontos chave relacionados com a investigação, o que permitiu que a estrutura desta reportagem seja bastante simples.
  • Inspirei-me nos peixes da aguarela publicada com o comunicado, que é belissima.
  • Preciso de continuar a praticar, a praticar, a praticar a escrita à mão, que no tablet ainda é um desafio maior.
  • Estou muito feliz com esta reportagem gráfica! :D

NOTA ADICIONAL

Esta imagem teve mais de 3000 visualizações na minha Página do Facebook em poucas horas, após o IGC a ter partilhado na sua própria página. Isso foi muito motivador para mim e por isso considero os Rabiscos de Ideias cada vez mais importantes para mim e para quem os pratica e divulga.

Reportagem Gráfica - Os Peixes também precisam de Amigos
Reportagem Gráfica – Os Peixes também precisam de Amigos

Aviso aos Visitantes | Blog Papiro Gráfico vem para aqui

Há algum tempo comecei a explorar uma “coisa” chamada “Sketchnotes“, que é o mesmo que dizer esquiços de conceitos, pensamento visual ou assim… Gosto de lhes chamar Rabiscos de Ideias. Nessa exploração, criei um outro blog, o Papiro Gráfico – Pensamento Visual | Repórter de Histórias Visuais.

Rita Caré - Ainda não acabei de pensar nisso... 22 Nov 2017

Mas, não me apetece nada ter outro blog para gerir. Também tenho a sensação que isso não faz sentido, porque sou um todo no Desenhar. Desde os 20 ou 21 anos, quando aprendi a desenhar, tenho desenhado menos ou mais, consoante as fases da vida. Adoro desenhar e pintar, explorando muitas técnicas e objectivos diferentes. Também desenho na mente, ou seja, olho para qualquer coisa e penso como a poderia desenhar, mesmo que depois não crie algo visível. Isto tornou-se um vício com o Urban Sketching. Também desenho para pensar. E é aí que entram os rabiscos de ideias.

Pensamento Visual . Reportagem Gráfica| by Rita Caré @ Papiro Gráfico 2017

Assim, tal como o Urban Sketching tomou conta deste blog depois da aguarela em abstracto ter aqui vivido tanto tempo, agora vou incluir os meus Rabiscos de Ideias nesta casa.

Peço desculpa, mas nos próximos tempos irão receber muitos avisos de que foi publicado aqui um post  que talvez já conheçam e com uma data antiga. É que planeio publicar todos os posts do Papiro Gráfico aqui mesmo, numa secção com este mesmo nome, onde ficarão todos arrumados,  nesta que é a minha casa online há mais anos. Há quase 11. O tempo deste blog passou como o tempo do desenhar, quase que não dei por tantas horas, meses, anos aqui metida.

Não é só o desenhar. Sou blogger de Alma. Podem não saber disso, pode não vos parecer, mas escrever é para mim ainda mais importante do que desenhar. Sou teclado-dependente. As histórias são o mais importante. Todos os desenhos têm uma história para contar, mesmo que nunca venha a ser conhecida publicamente. Reescrevê-las 20 vezes antes de clicar no “publicar” ou mais ainda, ou já depois de publicadas e muito divertido e o mais importante me tornar mais Clara, a mais dificil de todas as tarefas.

Para seguir os Rabiscos de Ideias aqui cliquem no link do projecto Papiro Gráfico

#SNDay2018 Celebration| SketchNotes changed my Life + My 1st Sketchnotes

Following along the celebration of the World Sketchnote Day 2018, I come to tell you about my story with this special kind of sketches.

wsd-icon-600

Almost one year ago (somewhere in the end of January 2017), I discovered Doug Neill‘s videos, ebooks, other sources and his projects. That moment changed my life. In the first days of February 2017, I became her student in his school Verbal to Visual.

In the last year,   I did not take visual notes so much as I  wished for, but I’m on my way to improve to sketch notes better and faster and to think better and clearly during my practice. Many additional important moments happened since then:

  • I watched all the free videos of Doug Neill at Verbal to Visual and participated in his online forum/classes and did 3 of his courses;
  • I met ScienceSketcher, a researcher that does sketch noting scientific meetings and that works in the same building where I daily work. Can you imagine this? So Incredible!
  • I listened to all the SketchNote Army´s podcasts;
  • I got the Doodle Revolution book of Sunni Brown – I did not finish it yet…;
  • I did my 1st Science Graphic Recording with more than 3000 views in a few hours on Facebook;
  • I joined the activities, organized by Makayla Lewis – SN_Hangout and SN_Challenge.
  • I sketchnoted along with Sue Pillans and my sketchnotes were shared a lot on Twitter.
  • I participated as an author in some new resources, organized by Makayla Lewis for Sketchnote Hangout!
  • I got new online friends!
  • Even if  I used to do a lots of sketching, because I’m an urban sketcher since 2009 (doing a lots of sketches and organizing meetings), I found a new sense of purpose on learning something new after my master thesis was finished and, also, in a moment that I was feeling myself lost and in a deep need of learning something new.

Now, I share a photo of myself with My 1st Sketch Notes done along with Doug Neill (my mother was the photographer).

RitaCare - 1stSN-jan2017-WSN2018-11jan2018-EyeContact
1st page of my 1st Sketch Notes | Never Afraid to Fail!

Participação em projecto Sketchnoting in Therapy #Sketchnote4Good

#Sketchnote4Goodv

Participei com Rabiscos de Ideias no guia de dicas sobre #RabiscarIdeias em Terapia para a Child and Adolescent Mental Health (Austrália).

Icon & Sketchnote Challenge October 2017 Edition ‘Sketchnoting in Therapy’ #Sketchnote4Good

Conteúdos:

  • Pag. 1 Child and Adolescent Mental Health icons
  • Pag. 2 ‘Enjoy a mindful practice’ sketchnote exercise
  • Pag. 3 Tips for using SNchallenge in therapy and three examples of completed page 1 icons

Este guia faz parte do projecto Sketchnote Hangout, coordenado pela Makayla Lewis

Download do guia do mês de Outubro de 2017
Este guia específico é GRATUITO

Novo Logo | Define-te Rita… – Prefiro desenhar-me…

Logo – Papiro Gráfico | Ainda não acabei de pensar nisso…

Fui entrevistada por uma aluna do Mestrado de Comunicação de Ciência, para a disciplina de Jornalismo de Ciência e Tecnologia. A Carolina Figueira tem que escrever o meu perfil. Estivemos bastante tempo à conversa sobre o meu passado, o que tenho feito na Vida por aí. Ela vai falar com algumas pessoas muito importantes da minha vida pessoal e profissional para compor o seu trabalho.

Durante a entrevista, a Carolina pediu-me para eu me definir. Respondi-lhe que preferia desenhar-me! Fiz um desenho muito à pressa e muito feio no caderno dela. Vim para casa pensar nisso e hoje de manhã criei este desenho digital que é o novo logo para o meu novo projecto Papiro Gráfico – Pensamento Visual de Ideias, que tem andado ainda mais quieto do que o Papiro papirus , mas isso vai mudar em breve.

NOTA – Este texto foi publicado em 11 de Janeiro de 2018, Dia Mundial dos Rabiscos de Ideias (World SketchNote Day), apesar de ter sido publicado em 27 de Novembro de 2017.

Manifesto | Rabiscos de Ideias

Manifesto Rabisco de Ideias por Rita Caré - Repórter Grafico PT
Manifesto Rabisco de Ideias por Rita Caré – Repórter Grafico PT

Um Manifesto para Rabiscadores de Ideias ou Pensadores Visuais

Adaptação da versão de Rizwan Javaid aka Sketching Machine por Rita Caré aka Papiro Gráfico

15 Abril 2017 – Feliz dia do Desenhador!

  • Rabiscar Ideias é para toda a gente. Tem ideias? Então as notas visuais ou rabiscos de ideias (ou sketchnote / sketchnoting como é mais conhecido em Inglês) são para si.
  • Todas as pessoas conseguem rabiscar ideias. Sim, incluindo-o(a) a si!
  • Rabisque ideias todos os dias. A consistência nas notas visuais é a chave para evoluir.
  • Rabiscar ideias pode ser uma actividade individual ou em grupo. Compreenda quando precisa de o fazer sozinho ou com outros.
  • Para rabiscar ideias só precisa de uma caneta e papel. Não tem a ver com as ferramentas usadas, mas com as ideias comunicadas.
  • Tenha sempre consigo um caderno para desenhar notas visuais. Nunca se sabe quando tem uma ideia que precisa de clarificar com um desenho.
  • Use cores, destaques com marcadores, canetas de pincel, marcadores e experimente desenhar num tablet para criar notas visuais digitais.
  • Deixe-se ir na irregularidade das suas notas visuais. As imperfeições dos rabiscos de ideias criados à mão são o que os torna tão especiais.
  • Inspire-se nos rabiscos de ideias dos outros. Dessa forma poderá evoluir nas suas notas visuais e com o tempo irá adquirir o seu próprio estilo. Para evoluir mais rapidamente evite utilizar software / apps que adaptam os seus desenhos (por exemplo, tornam os círculos mais circulares e as linhas rectas mais direitas).
  • Nunca subestime o poder das notas visuais ou rabiscos de ideias. Comunicar ideias é conseguir clarificar e partilhar o pensamento. Rabiscar Ideias é Poder.
  • Não rabiscar as suas ideias é um risco para a clarificação do pensamento.
  • Não tem a ver com desenhar nem com criar arte! Não vai receber prémios pelos seus rabiscos, mas poderá receber prémios pelas suas ideias.
  • Aproveite o poder das ideias rabiscadas. Use as suas notas visuais para idear, repetir, recriar e comunicar.
  • Rabiscar ideias e criar notas visuais é compreender. Se rabiscar uma ideia, então compreenderá e explicará claramente o seu pensamento.
  • Divirta-se, rabiscando ideias!

Este Manifesto para Rabiscadores de Ideias é uma adaptação de uma proposta de Rizwan Javaid | Sketching Machine, ao qual agradeço o feedback.

Texto de Rita Caré | Papiro Gráfico

#Sketch50 | Dia 6 – Ícones das minhas Redes Sociais

Rita Care - Sketch50 - Day 6 - Abr2017

Os meus rabiscos de ideias para o Dia 6 do desafio Sketch50: ícones das minhas redes sociais

1ª Reportagem Gráfica ao vivo – Conversas sobre Panfletária e Liberdade

Crónica Desenhada | Conversas sobre Panfletária e Liberdade by Rita Caré
Crónica Desenhada | Conversas sobre Panfletária e Liberdade by Rita Caré

A minha primeira reportagem gráfica ao vivo foi publicada online!

Crónica Desenhada Conversas sobre Panfletária e Liberdade | Publicado em XZibit Art |

No final de março, com a aproximação às celebrações do Dia Português da Liberdade, o 25 de abril, a proposta para Desenhar Conversas sobre “A Liberdade e a Arte Panfletária”  soava tentadora.

A Oficina do Desenho – Associação Cultural (OD), em Cascais, convidou Pedro Afonso e Alexandre Bordalo para falarem e refletirem sobre o tema e sobre o seu trabalho, em convívio com os presentes na sessão. Afonso é artista plástico e ilustrador. Bordalo é fotojornalista. As conversas foram moderadas por Rui Aço, artista plástico e Presidente da OD.

“A Liberdade nem sempre é veiculada pela Arte Panfletária!” avisava-nos o anúncio destas conversas. Tem sido usada como meio de comunicação para a denúncia, através da sátira e da ironia, mas também para manipular os povos através de propaganda política e religiosa.

Conversou-se sobre a liberdade, ou não, de expressão e sobre o papel mais ou menos relevante da Arte Panfletária na sociedade ao longo do tempo, desde o século XVIII, através de pintores, poetas, muralistas, arquitetos e outros artistas. Rui Aço lançou o tema através da abordagem à Fábula do Pássaro Bisnau e ao trabalho de diversos autores Portugueses e de outros países. Entre eles, Almada Negreiros, Delacroix, Siqueiros, Zeca Afonso, Ary dos Santos, Sartre, entre outros.

Os convidados e também o moderador têm grande e prolongada experiência profissional e de vida, o que ficou bem vincado pelas opiniões partilhadas e pelas histórias contadas. Pela noite dentro, cada um dos presentes bebeu chá e desenhou em toalhas de papel de mesa, o que lhe ia na alma, fosse abstrato ou realista, tivesse, ou não, a ver com o tema conversado. A Liberdade para Desenhar não tem limites.

“Conversas Desenhadas” é uma proposta bimensal da Oficina do Desenho – Associação Cultural, em Cascais. Aguardemos, pois, pela proposta com que nos brindará em maio de 2017. Desenho e texto: Rita Caré Publicado originalmente em XZibit Art

SN Challenge | Mar 2017 @SNhangout

SN Challenge - Mar 2017 by Rita Caré @ Papiro Gráfico 2017
SN Challenge - Mar 2017 by Rita Caré @ Papiro Gráfico 2017
SN Challenge - Mar 2017 by Rita Caré @ Papiro Gráfico 2017
SN Challenge - Mar 2017 by Rita Caré @ Papiro Gráfico 2017

Esta foi a proposta do grupo @SN_Hangout  para cada um dos dias do mês de Março de 2017. A Makayla Lewis mediou também uma das sessões do #SNchallenge de Março e usou esta porposta.

Ao longo do mês preenchi quatro folhas, uma delas totalmente em Português.

Para consultar exercicios realiados por outros participantes pode pesquisar-seno Twitter e no Instagram com as hastags #SNhangout e #SNchallenge.

Próximos eventos de #SketchNote disponíveis aqui no CALENDÁRIO.