Para Adopção Responsável | Rabiscos com cães no canil do Seixal

Caes-Croacs-Seixal-L1B_Out2018_Por Rita Care (1)

A L1B em parceria com o Pelouro da Segurança Alimentar e Bem-Estar Animal da Câmara Municipal do Seixal organizaram uma actividade de urban sketching no espaço do canil e gatil municipal e lá fomos rabiscar, em missão, para a promover a adopção responsável.

O Xico morreu com leucemia com menos de 5 anos. Isso aconteceu em 2011 ou 2012. O Xico foi um dos Amores da minha vida e tive um grande desgosto, porque a Vida o levou cedo demais. Estive cerca de 7 anos a viver sem a companhia canina. Essa ausência permitiu-me fazer outras coisas, muitas coisas, muitas… Tantas que não quis ouvir o meu coração a chamar por outro cão. Mas, finalmente na Páscoa de 2018, não pude mais deixar de ouvir. Então, uma semana depois chegou o Tomé. Depois do Tomé veio o Boris, apenas por umas horas, e depois veio o Pipo, que ficou apenas três dias. As histórias do Boris e do Pipo tiveram finais felizes comigo. Imagino que outros Boris, outros Pipos, outras Guidas venham por instantes e lhes dê um feliz destino… O meio coração não poderá mais conseguir não ir buscar uma trela a correr para não os deixar partir sem orientação na vida.

Aprendi as minhas lições… espero. Aprendi que não devo mais viver sem cão e que já não tenho capacidade física, mas sobretudo emocional para educar uma criança canina, como o Pipo. Prefiro adaptar-me as necessidades muito relevantes de um cão de meia idade, que pode trazer muitos problemas emocionais consigo (incluindo agressividade), do que andar a fazer 3 máquinas de roupa por dia, por causa de xixis e cocós pelos tapetes e assim.

Por favor adopte, mas apenas se tiver bem consciente que levará consigo um novo amigo com uma história de vida, que pode ter sido extremamente difícil. Tenha consciência de que custará muitos euros de diversas formas. Por favor, adopte com responsabilidade.  Trate de todas as formalidades legais relacionadas com a adoptação, cuide da alimentação, da saúde e nunca abandone a criatura. Não se esqueça de lhe pôr o chip e da plaquinha metálica na coleira com o nome dele(a) e um, ou mais do que um, nº telemóvel (a plaquinha é uma peça absolutamente fundamental). Não deixe os seus animais caminharem sozinhos na rua.

Apanhe sempre os dejectos pela saúde do seu animal, das crianças e da sua. E porque os passeios são um nojo em Portugal. Cada um tem o seu papel. Cumpra-o!

Tenha muita paciência com os cães seus vizinhos que ladram e uivam com saudades dos donos na sua ausência. Seja muito paciente. Os cães têm emoções, sentimentos e memórias. Cada um é diferente do outro. Todos têm a sua própria personalidade. Não existe um cão igual. Os cães foram criados pelo homem há milhares de anos. Eles foram criados à nossa imagem e semelhança. Olhe bem para a expressão do seu pequeno. É fácil perceber se está, ou não, feliz. Os olhos deles também sorriem :)

Estou perdida de amores pelo Tomé, mas o Xico está sempre comigo. Quase todos os dias me lembro dele. Também me lembro-me muitas vezes do Bartolomeu, do Xanax, do Skakeaspeare, da Guida, da maluca da Rusky (ela roía pedras e mamou no meu cabelo quando a salvei com apenas 20 dias…) e de tantos outros. Ao longo dos últimos 37 anos, partilhei a vida com mais de trinta cães e cadelas, em alguns momentos foram cinco em simultâneo, todos a vivermos no campo, onde cheira a verde e a fumo de lareira. Agora não tenho lareira, mas tenho o Tomé. Deixo o Tomé fazer o que nunca antes deixara, ele dorme comigo na manta dele, em cima do meu edredon, e entra na cozinha. O Tomé é o único verdadeiro cão de guarda que tive. Precisa desesperadamente de me guardar quando estou em casa e então, depois de muitos meses de aprendizagem, eu aprendi que tinha que o deixar estar sempre comigo ao meu lado e a ver-me.

Na CROACS, no Seixal, existe um canil e gatil, no qual existem cães e gatos aguardando uma segunda oportunidade de Vida. Todos os meses existe uma acção de rua, na qual poderá visitar alguns desses animais e conversar com profissionais e voluntários que dão orientações sobre Adoptar de forma responsável.

Anúncios

Desenhar Barro(s) na Quinta da Fidalga, Seixal

L1B, Manuela Rolão, Rita Caré, Quinta da Fidalga, Seixal, Urban Sketching, Desenho, Lápis-de-cor, Escultura, Árvores,
Capelinha da Quinta da Fidalga | Foto de Manuela Rolão

 

Há momentos de viragem na vida de uma pessoa… O dia 8 de Setembro de 2018 foi um deles. O calor levou as dores… quase. Foi um dos dias mais descontraídos que tive em mais de um ano.

Foi incrivelmente doce!

Não é só o Seixal, que adoro, nem só a bela Quinta da Fidalga. São as pessoas para as quais o desenho nos leva. As pessoas são o principal. Há-as muito especiais, como é o caso da Manuela Rolão.

O tema “Barro” não me interessava, o que me interessava era voltar a sentir-me Viva a desenhar.

L1B, Manuela Rolão, Rita Caré, Quinta da Fidalga, Seixal, Urban Sketching, Desenho, Lápis-de-cor, Escultura, Árvores,
Escultura de Bela Mestre | Foto de Manuela Rolão

Aquela manhã foi tão magnífica, tão leve, senti-me tão Viva que adormeci na minha cadeira de praia no final da sessão. Foi um adormecer embalado pelo sol e pelo calor humano. Um dia muito raro nos últimos 2 anos.

L1B, Manuela Rolão, Rita Caré, Quinta da Fidalga, Seixal, Urban Sketching, Desenho, Lápis-de-cor, Escultura, Árvores,
Painéis de Azulejos da Quinta da Fidalga | Foto de Manuela Rolão

 

 

“Cada árvore é um ser para ser em nós”

No último workshop L1B da Manuela Rolão a artista convidada foi a Teresa Ogando. O tema foi poesia e árvores na Quinta da Fidalga, Seixal.

O resultado ali em baixo teve como inspiração um poema de António Ramos Rosa que pode ser lido ACOLÁ.

E agora, pergunto-me: Rita, porquê que não fazes estes jogos rabiscados poéticos mais vezes nos teus cadernos… hum?

Esta composição está muito previsível, não está?… Está demasiado racional…

Para verem os belos rabiscos do workshop é visitar ALI  e para lerem um poema deste autor sobre DESENHOS seguir por ACOLI.

Rita Care - WS L1B, Seixal - Poesia e Arvores - Jul2017 red

“Meu querido Barreiro” com vista do Seixal

Rita Care - Querido Barreiro - Seixal - M.Rolao - Abr2017 - 1024 (5)
Foi uma bela manhã de Primavera no Seixal com vista para o Barreiro com as histórias de urban sketching do Henrique Vogado, desta vez o convidado especial de mais um workshop da Manuela Rolão com a L1B.

Os desafios foram muito interessantes e os desenhos resultaram fantásticos em mais uma animada sessão à beira do Rio Tejo, brindados com a presença de uma elegante Garça-real e de um clima de boa disposição.

 

 

Exposição | Canetas & Panquecas

Expo-L1B-Pastelices-Seixal-1abr2017
Exposição organizada por Manuela Rolão, L1B e Pastelices, Seixal Abril 2017 – Cartaz de Manuela Rolão

O resultado do workshop “Canetas & Panquecas” da L1B, orientado pela Manuela e pela Alice Rolão, estará exposto a partir de amanhã na pastelaria Pastelices, no Seixal.

Foi toda uma experiência gustativa e do uso de marcadores de várias qualidades, formas e marcas nos cadernos.

A exposição foi organizada por Manuela Rolão, L1B e Pastelices. Está patente em Abril de 2017 na Pastelices.

Expo-Canetas&Panqueas-L1BSeixal
Exposição organizada por Manuela Rolão, L1B e Pastelices, Seixal, Abril 2017 – Foto de L1B

A tipografia do Seixal é uma tentação monumental!! ;-)

Mais uma vez participei nos workshops da L1B – Associação Cultural do Seixal, com a Manuela Rolão. O local era uma verdadeira tentação. A Paula Cabral, artista convidada com quem queria passar algum tempo para conhecer um pouco melhor e o trabalho que tem vindo a desenvolver. E também gosto muito de partilhar rabiscos com a Marilisa Mesquita, que tem produzido os meus último e extraordinários cadernos, sem os quais já parece que não consigo desenhar sem “Aquele” prazer.

Fui uma formanda não muito seguidora dos desafios propostos, mas o que mais me interessa foi que adorei  – aliás foi o workshop de todos os que já participei de que mais gostei pelas razões explicadas em cima. Felizmente a Manuela é uma formadora muito flexível por isso é que gosto tanto de viajar para o Seixal com este objectivo de rabiscar em cadernos.

L1B na Tipografia - 6Jun2014 - Rita Caré (1) - 72Este Gutenberg é um dos muitos desenhos que estão na parede desenhados pelo Sr. Palaio. Alguns dos momentos mais divertidos do workshop foi usarmos a máquina de fazer estes furos. Não sobrou uma única página do caderno oferecido que não tivesse sido esburacada, pintada ou recortada :)
L1B na Tipografia - 6Jun2014 - Rita Caré (2) - 72

Estas últimas páginas indiciam que o abstracto em aguarela me está a fazer falta novamente ao fim de vários anos um pouco ao abandono. 
L1B na Tipografia - 6Jun2014 - Rita Caré (3) - 72

Outras páginas ficaram por digitalizar, mas não têm muito interesse pelo menos do meu ponto de vista, tudo porque não explorei devidamente o potencial dos lápis-de-cera.

A tipografia do Sr. Palaio é local a visitar novamente muito em breve! Não percam as visitas guiadas!

À Venda! Postais “Seixal Desenhado”

Tendo sido desafiada para enviar desenhos meus – realizados nas actividades organizadas pela Manuela Rolão e pela Alice Rolão da L1B – Associação Cultural (Seixal) – assim participei com dois desenhos nas duas colecções de postais agora disponíveis: o sobreiro e o perfil cruzado do edifício da biblioteca do Seixal e da Mundete (antiga cortiçeira).

Postais-SeixalDesenhado-L1B

Os postais estão à venda em 2 colecções de 8 autores através do Contacto com a L1B – Associação Cultural (Seixal):

Postais-SeixalDesenhado-L1B-1

Colecção I: desenhos do Seixal por Tânia Cardoso, Isabel Vaz e Afonso Dias, António Procópio, Rita Caré, Cláudia Mestre, António Gonçalves, Ana Magalhães e Cristina Santos. Coleção completa: 5,00 euros; Postal avulso: 1,00 euro. Pedidos para L1B – Associação Cultural (Seixal).

Postais-SeixalDesenhado-L1B-2

Coleção II: desenhos do Seixal de Isabel Vaz, Cristina Santos, António Procópio, Cláudia Mestre, Rita Caré, Tânia Cardoso, Ana Magalhães e António Gonçalves. Verso do postal: design de Alice Rolão. Organização das coleções: Manuela e Alice Rolão. Coleção de 8 postais: 5,00 euros; postal avulso 1,00 euros. Pedidos para L1B – Associação Cultural (Seixal).

Últimos dias da Exposição “Desenhar é Viajar cá dentro…”

A minha exposição individual “Desenhar é Viajar cá dentro…” na casa de chá TOO MUCH está a chegar ao fim.  Ainda pode ser visitada na rua António Sérgio, 876, em Fernão Ferro, Seixal.

A reportagem fotográfica (que incluem fotografias da Dina Domingues) pode ser visitada no evento no Facebook. Fica também aqui a reportagem da Manuela Rolão a quem agradeço especialmente todo o apoio pessoal e em representação da L1B – Associação Cultural (Seixal) que fez um grande esforço de divulgação da exposição.

InauguracaoExpoTooMuch-29Jun2014 - Manuela Rolão (2)

Reportagem desenhada de Manuela Rolão da inauguração da Exposição "Desenhar é Viajar cá dentro..."
Reportagem desenhada de Manuela Rolão da inauguração da Exposição “Desenhar é Viajar cá dentro…”

 

29 Jun – Inauguração da Expo “Desenhar é Viajar cá dentro…”

Exposição "Desenhar é Viajar cá dentro..." - Rita Caré - TooMuch 29 Junho 2014 Seixal

Convido todos os interessados para estarem presentes na inauguração na exposição individual “Desenhar é Viajar cá dentro…” na casa de chá TOO MUCH no Domingo, 29 de Junho de 2014 pelas 13 horas (rua António Sérgio, 876, em Fernão Ferro, Seixal – Almada).

É com grande alegria que levarei ao Seixal os desenhos de diários gráficos realizados em várias regiões de Portugal expostos há uns meses em Lisboa – também apresentarei alguns realizados no Seixal – podendo assim partilhar o meu trabalho numa terra onde no último ano passei horas fantástica a rabiscar e a fazer novos amigos.

Durante a inauguração – acompanhada de bolos e doces maravilhosos para a sobremesa! – irei fazer uma apresentação sobre esses desenhos e sobre os motivos pelos quais levo sempre comigo pelo menos dois diários gráficos no meu dia-a-dia.

Aproveito para agradecer à TOO MUCH a disponibilidade do espaço,
à L1B – Associação Cultural (Seixal) pelo apoio na divulgação
e à Manuela Rolão pelos desenhos que realizei nos seus workshops no Seixal e na própria TOO MUCH, pela sua disponibilidade e sobretudo pela amizade.

– Projecto Papiro papirus – Rabiscos e Aguarelas de Rita Caré –
– Casa de Chá TOO MUCH
L1B – Associação Cultural (Seixal)

RitaCare-Papiropapirus-PNG

Rita Caré, 38 anos. Licenciada em Biologia e especializada em Comunicação e Jornalismo de Ciência. Tem também formação profissional noutras áreas, como: desenho, ilustração científica, técnicas de aguarela e pintura abstracta, fotografia, gestão de projectos culturais em museus e noutros ambientes culturais e educação ambiental.

Recentemente dedica-se ao desenho e pintura como meditação (zen drawing). Com esse objectivo interessa-se sobretudo ao desenho de observação ao vivo em diários gráficos. Os temas da sua preferência incluem principalmente ambiente urbano e paisagem. Utiliza técnicas de aguarela, lápis de cor aguarelável e caneta preta de tinta permanente ou aguarelável. Em 2014, realizou a sua primeira exposição individual de desenho “Desenhar é Viajar cá dentro”, no bar-restaurante Velha Gaiteira, exposição que estará agora patente na Casa de Chá TOO MUCH, no Seixal, com alguns trabalhos adicionais. Desde 2013, orientou duas dezenas de workshops de introdução ao desenho e às técnicas de aguarela e participou em oito exposições colectivas de diários gráficos. Participa nos Urban Sketchers Portugal desde 2009.

Blogue: https://papiropapirus.wordpress.com
Facebook: papiropapirus

Contactos:
Telem. 913 159 291 | E-mail – rita.s.care@gmail.com