Navegar, navegar em Grafite Aguarelável

É tão bom inventar!

Rita Care - Navegar navegar na grafite aguarelavel

Anúncios

Árvores em explorações com Guache rasquíssimo

 

Rita Care - Arvores na Beira Alta - Ago 2017 (4)red
6ª Experiência e última nas férias com guache rasquíssimo

 

Antes do Verão tinha prometido a mim mesma que durante a visita à minha mãe, durante as férias, iria experimentar uns guaches que lhe ofereceram em tempos, há muito tempo…

Estes guaches talvez já estivessem fora de prazo… mas de qualquer forma eram rascas…

A tentação de trabalhar com pigmento de guache como se fosse de aguarela é constante, mas o guache tem um potencial muito interessante para ser trabalhado com muito pouca água… Se é para usar água que seja aguarela!

Valeu pela experiência.

 

 

Centro Cultural de Cascais e Casa das Histórias deformados com guache

Já andava há muito tempo a pensar que queria ir a Cascais deformar o Centro Cultural e a Casa das Histórias. Então, depois ter tido uma experiência diferente de urban sketching com guache, quando a Maru Godas esteve em Portugal, tive que ir a correr experimentar mais… Não é muito portátil… Isso é uma pena, porque gosto muito desta ideia de pintar em folhas coloridas e usar as cores opacas por cima umas das outras e de me sentir muito mais feliz do que quando tive que usar guaches nos tempos da escolinha.

Este foi um primeiro estudo das tintas e da forma do edíficio deformado à “la Lapin”.

Rita Care - Centro Cultural de Cascais - Jul 2017 (1) red
Centro Cultural de Cascais

 

Mais uma tentativa de deformar edíficios e experimentar o guache.

Rita Care - Centro Cultural de Cascais - Jul 2017 (2) red
Centro Cultural de Cascais e Casa das Histórias
Rita Care - Centro Cultural de Cascais - Jul 2017 (3) red
Centro Cultural de Cascais e Casa das Histórias

Rabiscos para o almoço | Wrap de guache

Depois do workshop com a Maru Godas para explorar o guache, que achei muito divertido, resolvi arranjar uma caixa destas tintas. Entretanto, comprei branco opaco da Talens, porque percebi que um dos “segredos” para utilizar este material é o branco (ainda há outro que é para tornar as cores mais claras).

Rita Care - Wrap de Legumes - Jul 2017 (1)

São guaches “rascas” comprados num desses mega-supermercados, mas não inutelizáveis nem cheiram mal  – já ouvi umas descrições de produtos comprados nas lojas daquele país asiático que metem medo ao susto.

A primeira experiência com estas tintas que não usava desde os tempos da escolinha foi o que estava mesmo à vista e colorido, um wrap de legumes.

Guaches Reeves

Não usei um pincel… Que material terei utilizado?
Dei um último acabamento com lápis de cor.

Rita Care - Wrap de Legumes - Jul 2017 (2)

 

Carimbar, carimbar e soltar a imaginação

Rita Care - Delirios Carimbados - Abril 2017 (3) - 1024

Carimbar, carimbar e soltar a imaginação

Estou numa fase de desenho para imaginar e criar e também para explicar ideias e contar histórias através do desenho.  Criei outro blog – Papiro Gráfico para dar vida a este último objectivo.

No último sábado, depois de passar uma fantástica manhã a desenhar do Seixal para o Barreiro já não me apetecia mais desenhar a partir do real.

Virei-me para dentro com ajuda dos carimbos da Marilisa Mesquita. Se desenhar ao estilo urban sketching é encontrar-nos com a criança dentro de nós, carimbar por ali fora é reviver essa criança que fomos com a vantagem de já sabermos o que queremos dos carimbos e dos desenhos.

Rita Care - Delirios Carimbados - Abril 2017 (2) 1024

Rita Care - Delirios Carimbados - Abril 2017 (1) - 1024

“Meu querido Barreiro” com vista do Seixal

Rita Care - Querido Barreiro - Seixal - M.Rolao - Abr2017 - 1024 (5)
Foi uma bela manhã de Primavera no Seixal com vista para o Barreiro com as histórias de urban sketching do Henrique Vogado, desta vez o convidado especial de mais um workshop da Manuela Rolão com a L1B.

Os desafios foram muito interessantes e os desenhos resultaram fantásticos em mais uma animada sessão à beira do Rio Tejo, brindados com a presença de uma elegante Garça-real e de um clima de boa disposição.

 

 

A “Seita” dos Rabiscos pelas Chaminés em Campo de Ourique

| A “Seita” dos Rabiscos |
Percurso das Grandes Chaminés de Tijolo
Campo de Ourique, Lisboa – 25.2.2017
Org. Desenhar Campo Ourique e Rosário Félix

A

Os sketches do dia serão publicados quando os tiver pintado :)