77 PALAVRAS ? Escrita ameaçada

77 Palavras ? Escrita ameaçada

Caligráfica não parava. A morte abeirava-se: líquida, brilhante, negra… Acordou histérica mesmo antes de morrer afogada. Rebolando contra o tinteiro, a preciosa caneta partiu uma das extremidades do seu aparo.

O tinteiro, caído, derramou-se para cima do papel de algodão. Caligráfica atirou-se ao papel e, com a ponta ainda inteira, escreveu uma mensagem coxa:

Chamem o 111! Na hora da nossa morte tresanda a tinta negra.

Não há mais como escrever histórias. Perder-se-á para sempre o pensamento…

Rita Caré, 40, Carcavelos
In Desafio nº 111 – linha de atendimento 111
Projecto “77 Palavras” da escritora Margarida Fonseca Santos

Nota – Este texto foi depois lido pela escritora na Rádio SIM

Logo77Palavras

4 comentários a “77 PALAVRAS ? Escrita ameaçada”

  1. Acertaste em tudo.
    Falta contudo a parte em que me confesso. Não tenho conseguido escrever criativamente. O drama descrito simboliza a angústia que tenho sentido. No fim, estou feliz com o resultado :D

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s